36) A grande Pecadora
 
1. A Unção: Lc 7:36-38 
2. A parábola dos devedores: v.39-43 
3. A pecadora recebe perdão: v.44-50.
 
Explicação e ensinamentos: 
O Senhor rejeitado por Israel (Mt 11) é agora procurado por cansados e oprimidos, como é o caso também dessa pecadora. 
"Ungir" era um costume judaico, geralmente realizado para honrar o hóspede (compare Mc 14 e Salmo 23:5). De qualquer maneira, Simão não havia convidado o Senhor por amor, mas por orgulho. Era para ele uma honra ter à mesa o Grande Mestre. 
A mulher, conhecida como pecadora dada a sua vida passada, chega ao Senhor, num sentimento de culpa, que agora, na presença do Senhor, pesa ainda mais sobre ela (*Jó 42:5-6; 1 Jo 1:5). Ela se aproxima, confiando no amor e na graça do Senhor. Pesarosa por haver cometido pecado, ela procura perdão. 
O fariseu, justo aos seus próprios olhos, cheio de presunção e sem .sentimento de culpa, sem amor, nem presta honra ao Senhor (pois não lhe deu água, nem o óleo de unção, nem um beijo, que no Oriente se dava a todo hóspede que era recebido com honra). Não havia, portanto, nenhum reconhecimento da pessoa do Senhor. Aos olhos do fariseu o Senhor era somente um profeta, mas não o Salvador, o Filho de Deus em graça e em amor. 
A mulher, infeliz sobre si mesma, cheia de arrependimento da sua vida pecaminosa, desprezada e repelida pela sociedade, não ousa falar, mas as suas lágrimas falam por ela. Ela não pensa no orgulho de Simão, nem nos convidados, que a desprezam. Sua meditação está somente no Senhor e Salvador. Ela ama ao Senhor, contemplando o Seu amor e graça que não rejeita a ninguém, nem mesmo a ela, apesar de todos os seus pecados que só Ele pode perdoar (*Jo 6:37). 
Agora o Senhor passa a falar sobre ela a Simão, que dela tem preconceito: "Os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou." Na parábola dos dois devedores, o Senhor dá a entender que, baseado na própria justiça, ninguém pode subsistir na presença de Deus, e nem ir ao céu. Um exemplo: Se o ingresso num parque custa R$ 20,00 então, quem possui somente R$ 15,00 tampouco pode entrar, como quem não tem nada. O amor da mulher não foi, porém, um mérito baseado no qual obteve o perdão. O amor ao Senhor era somente a prova de como ela sofria sob seus pecados, e de como ela estimava Aquele que a libertava dos pecados. O Senhor lhe perdoou, somente com base na fé Nele, e lhe apresentou, então, três verdades magníficas: 
1. "Os teus pecados te são perdoados." 
2. "A tua fé te salvou". 
3. "Vai em Paz!" 
 
(Salmo 32:1-2; * Lc 7:47). 
Todo o coração que vem ao Senhor com fé recebe estas três coisas: perdão, salvação e paz. Vocês, crianças, já possuem essas três coisas? Qualquer que quiser ir ao céu, precisa tê-las.
 
Devo contribuir?
Ao receber o Senhor Jesus Cristo como seu Salvador, uma das primeiras coisas que você irá aprender é que Deus é amor. Como resultado disto, você logo perceberá que o amor precisa de uma forma prática para se expressar. Você aprenderá que há uma relação entre amar e dar. Deus é um Deus que nos dá muitas coisas. Amar e dar estão intimamente ligados nas Escrituras. “O Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gl 2:20), e “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” (Jo 3:16). Continuar Lendo...
Desenvolvido por Palavras do Evangelho.com