D

 

 

DÃ – PATRIARCA Filho de Jacó e de Bala (serva de Raquel), neto de Isaac, bisneto de Abrão, trineto de Taré, tetraneto de Nacor e patriarca da tribo homônima. Em hebraico seu nome significa: “[Deus] fez justiça”.

Localidade situada quase ao pé do Monte Hermom, a sudoeste de Damasco e a leste de Tiro. Foi fundada pelos descendentes de Dã, o que explica o seu nome. Atualmente é chamada de Tell El-Kadi.

DABERET (DABERAT) Localidade situada aos pés do lado ocidental do monte Tabor. “Cidade refúgio” cedida pela tribo de Issacar para os levitas que descendiam de Gerson, os Gersonitas. Também é chamada de Daburiie.

Dabir (1) Rei amorreu de Eglon e epônimo de seu povo e de seu território. Foi um dos soberanos que foram derrotados pelos hebreus.

      Dabir (2) Cidade-Estado situada a 20 km sudoeste de Hebron e a suleste de Eglon. Outrora era chamada de Cariat-Sefer (Cidade do Livro), o que indica que se tratava de um centro cultural e religioso. Atualmente é conhecida Tell Bet-Mirsim.

Dadã (1) Filho de Jecsã, neto de Abraão e de Cetura, bisneto de Taré, trineto de Nacor e tetraneto de Serug.

Dadã (DEDAN) (2) Filho de Regma, neto de Cuch, bisneto de Cam, trineto de Noé e tetraneto de Lamec.

DAFCA (DFCA) Uma das localidades onde os hebreus acamparam durante o Êxodo. Sua posição geográfica é incerta.

DAFNÉ O nome do local de refúgio do Sacerdote Onias. Era um recinto do templo de Apolo, perto de Antioquia da Síria. Foi dali que Adônico, usando de falsidades, retirou-o e o matou.

Dagon Divindade cujo culto originou-se na Mesopotâmia e difundiu-se pela Fenícia, pela Cananéia e, posteriormente, entre os filisteus. Para alguns era um deus agrário; para outros, marítimo. Dagon figura no “Código de Hamurabi” e nas “Tábuas de Ras Samra”.

Dalaías (1) Filho de Elioenai, neto de Naarias, bisneto de Sequenias, trineto de Hananias, tetraneto de Zorobabel e descendente do rei Josias.

DALAÍAS (2) Filho de Metabeel é o ancestral de uma das famílias hebréias que retornaram do exílio babilônico. Dalaías era o pai de Semaías que abrigou Neemias quando da ameaça de Noedias

DALAÍAS (3) Filho de Semaías era um dos altos dignitários da corte do rei Eliacim na época do Profeta Jeremias.

DALFÃO Um dos filhos de Amã – cortesão do rei Xerxes I, da Pérsia, e inimigo dos hebreus. Ver Amã.

Dalila Era uma mulher de vida livre e quanto à sua origem há divergências. Alguns afirmam ser israelita e, outros, que era filistéia. Vale registrar que o seu nome têm origem semítica. Dalila aproveitando-se da sedução que exercia sobre Sansão descobriu o segredo de sua força sobre-humana e, com isso, entregou-o aos inimigos filisteus.

DALMANUTA O mesmo que Magadã. Ver Magadã.

DÂMARIS Mulher grega que se converteu ao Cristianismo após ouvir a pregação do Apóstolo Paulo no Areópago.

DAMASCO A famosa e antiga capital da Síria atual. Damasco foi conquistada por Pompeu em 66 aC. e mais tarde (c.37 dC.) foi ocupada por Aretas, rei árabe. Nela, existia vasta colônia de hebreus e várias sinagogas. Distava de Jerusalém cerca de oito dias de viagem e foi nesse trajeto que Saulo teve a visão de Jesus, o Messias que o fez converter-se ao Cristianismo.

Damesek A grafia em aramaico de Damasco.

DAMETA Ver Datema

Dana Localidade pertencente à tribo de Judá. Situava-se na região de montanhas.

Danaba (DENABA) Cidade situada no país de Edom cujo rei chamava-se Bela. Ver Bela, filho de Beor.

DANIEL – PROFETA São poucas as informações biográficas a respeito desse profeta. Sabe-se que descendia de uma nobre família do "Reino de Judá" e que em 605 a.C., ainda muito jovem, foi deportado para a Babilônia e agregado aos pajens da corte do rei Nabucodonosor com o nome de Baltessar (ou Baltesassar). Em virtude de suas capacidades fez carreira entre os soberanos babilônicos, desde Nabucodonosor até o persa Ciro, que o honraram confiando-lhe altos cargos. Daniel foi o primeiro profeta a sugerir a ressurreição dos mortos no fim dos tempos e é célebre a passagem em que foi atirado à cova dos leões e não sofreu qualquer ofensa das feras.

DANIEL (1) Descendente de Itamar e de Levi era o chefe de uma das famílias que seguiram Esdras no retorno no exílio na Babilônia.

Daniel (2) Filho do rei Davi e de Abigail, de Carmel. Era neto de Jessé, bisneto de Booz, trineto de Naasson e descendente de Judá. Seu nome também é grafado como Queleab. Ver Queleab.

DANIEL (3) Que é citado em “Ezequiel” não deve ser confundido com o profeta homônimo. Sabe-se, graças às tábuas de Ras-Samra (dos séculos XV-XIV a.C.), que este personagem foi um “juiz” na Antiguidade, famoso pela retidão e pela fidelidade a Javé.

     DARCON Descendente dos servos do rei Salomão e membro da classe dos Oblatos. Junto com seus pares foi um dos que retornaram do exílio babilônico.

Darda Filho de Zara, neto de Judá e de Tamar, bisneto de Jacó, trineto de Isaac e tetraneto de Abrão. Era um grande sábio e é citado em “Reis” para comparar e enaltecer a inteligência superior de Salomão.

DÁRIO I Imperador da Pérsia entre 521-485 a.C. Era filho de Cambises e neto do imperador Ciro.

DÁRIO II O rei dos persas e dos medos que foi derrotado por Alexandre Magno.

Datã (DATAN) (1) Filho de Eliab, neto de Falu, bisneto de Rúben, trineto de Jacó e tetraneto de Isaac. Junto com outros, Datã rebelou-se contra Moisés e por isso foi engolido pela terra.

Datã (DOTÃn) (2) Localidade que se situava a sudeste do monte Carmelo e a nordeste de Samaria.

DATEMA Cidade fortificada próxima de Bosra, porém, há dúvidas sobre a grafia desse nome. Algumas versões gregas trazem “Dameta” e as versões siríacas grafam “Rameta”, donde alguns a identificam com Ramot de Galaad.

Davi – REI Filho de Jessé, neto de Obed, bisneto de Booz, trineto de Salmon (Salma) e de Raab, tetraneto de Naassom e descendente de Judá pela linhagem de Jerameel. Era um humilde pastor que foi escolhido por Javé para suceder ao rei Saul e, graças à intervenção de Javé, matou em combate o gigante filisteu chamado Golias, tornando-se um célebre guerreiro e o chefe militar das milícias do rei. Posteriormente, Saul, invejoso das proezas e da fama de Davi, passou a odiá-lo e tentou matá-lo em várias ocasiões, mas, não obstante essa perseguição, o prestigio de Davi cresceu continuamente e após a morte de Saul, em combate contra os filisteus, foi o seu sucessor e, consequentemente, o segundo rei de Israel. Reinou durante quarenta anos, sendo sete em Hebron e trinta e três em Jerusalém, e foi durante o seu reinado que Israel atingiu grande poderio militar, sólida prosperidade e observação rigorosa dos preceitos do Senhor.

Debaset (DABESET) Localidade que integrava a área destinada à tribo de Zabulon. Sua posição geográfica é incerta.

Débora (1) Ama de leite de Rebeca, a esposa de Isaac e nora de Abrão e de Sara.

Débora (2) Líder e profetisa israelense. Débora era mulher de Lapidot e junto com Barac comandou a reação e a vitória contra Jabin, um dos opressores do povo judeu. Débora figura entre os “Juízes Maiores”.

DÉBORA (3) Esposa de Ananiel e avó de Tobi a quem criou após o mesmo ter ficado órfão.

DECÁPOLE O conjunto de dez cidades (número aumentado com o correr do tempo) que foi separado por Pompeu Magno em 64 aC. do território judeu e que se tornou independente. Situava-se a sudeste do lago Genesaré e ao norte de Peréia. Ver Além-Jordão.

Decla Filho de Jectã, neto de Héber, bisneto de Salé, trineto de Arfaxad e tetraneto de Noé.

DEDAN (DEDÃ) Região que se localizava nas proximidades da fronteira sul da Iduméia, ao longo do golfo Pérsico. Atualmente é chamada de El’Ola, na Arábia setentrional. Também é o nome próprio do povo árabe (descendente de Cuch) que vivia nessa região, também chamado de “Cusitas”.

Delaiau Levita que descendia de Caat e que exercia as funções de Sacerdote no Templo de Jerusalém quando da assunção do rei Davi ao trono de Israel.

Deleã Localidade pertencente ao território da tribo de Judá que se situava na região de planícies

Delicia Uma das localidades onde os hebreus acamparam durante a marcha em busca da “Terra Prometida”.

DEMAS Discípulo do Apóstolo Paulo que o seguiu em sua primeira prisão em Roma, mas posteriormente abandonou-o por interesses pessoais ou por temer maiores represálias.

DEMÉTRIO (1) É citado na terceira Epístola de São João como um cristão exemplar, mas os dados de sua biografia não são conhecidos.

DEMÉTRIO (2) O chefe de uma indústria de ourivesaria em Éfeso que fabricava amuletos em honra dos deuses pagãos. Temeroso que as pregações do Apóstolo Paulo causasse-lhe grandes prejuízos incitou uma grande revolta contra os cristãos daquela localidade.

DEMÉTRIO, NICATOR ou NICACOR (145-139 a.C.) e (129-125 a.C.) Filho e sucessor de Demétrio I, Soter.

DEMÉTRIO, SOTER (162-150 a.C.) Filho de Selêuco Filopator foi um dos reis Selêucidas (gregos) que em épocas distintas foram inimigos ou aliados dos hebreus retornados do exílio babilônico. Era membro da dinastia que intermitentemente lutava contra a dos Lágidas (Os Tolomeus, do Egito) visando o controle da Palestina.

Demna Localidade cedida pela tribo de Zabulon para os levitas que descendiam de Merari, os Meraritas.

DEMOFONTES Um dos inimigos dos israelitas que são citados em "Macabeus 2". Mesmo após o armistício assinado com Lisias, Demofontes e alguns outros continuaram a hostilizar os hebreus.

DEMÔNIO Palavra grega que significa “caluniador”.

DERBE Localidade situada a cerca de cinqüenta milhas de Listra, no território da Licaônia.

     DESERTO DA JUDÉIA Região árida que começa em Jericó e estende-se para o sul, pelo leste dos montes de Judá, abrangendo o curso inferior do rio Jordão.

DESERTO DE BETAVEN Região montanhosa e árida situada a leste de Betel, na linha de Betel ao monte da Quarentena.

DESERTO DE JUDÁ Região que se estendia da encosta oriental até o Mar Morto e ao rio Jordão.

Deserto do Sinaí Situado ao norte do Mar Vermelho, a oeste do Golfo de Acaba e ao sul do Deserto de Sur. Localidade onde os hebreus acamparam durante a marcha em busca da “Terra Prometida”.

DESPOJO-RÁPIDO, PRESA VELOZ O nome que o profeta Isaías deu a um de seus filho, conforme a ordem de Javé. É uma referência à tomada da Samaria (ou do "Reino de Israel")  pela Assíria.

DESSAU Localidade citada em  "Macabeus 2", cuja localização exata é desconhecida. Provavelmente situava-se na região de Jerusalém.

DIA DO SENHOR O dia do “Juízo Final”.

DIÁCONOS Clérigo de segundo grau, imediatamente inferior ao presbítero ou padre.

DIÁDOCHOS Termo que é usado como o nome próprio do sucessor de Alcimo no Sumo Sacerdócio, após o armistício entre o General Nicanor e Judas Macabeu. Esse termo, na corte grega, poderia ser um titulo honorífico sem cargos correlatos.

DIÁDOCOS O nome dado aos Generais que sucederam a Alexandre, o Grande.

DIBLAIM É citado em  “Oséias” na qualidade de sogro do profeta e pai de Gomer (a esposa do Profeta). Porém, há dúvida sobre esse casamento. Ver Gomer, filha de Diblaim.

Dibon  Localidade, situada no território de Amon, no planalto chamado Mádaba, no sul das terras ocupadas pelos hebreus. Dibon foi a capital do reino de Moab.

DIDIMO Termo grego que significa: “gêmeo”. Era a alcunha dada ao Apóstolo Tomé.

DIKE O mesmo que Nêmesis. Ver Nêmesis.

DIMON Provavelmente seja a corruptela de Dibon. Ver Dibon.

Dimona Localidade pertencente ao território da tribo de Judá. Situava-se no extremo sul, rumo à fronteira de Edom, no Negueb

Dina Filha de Jacó e de Lia, neta de Isaac, bisneta de Abrão, trineta de Taré e tetraneta de Nacor. Dina foi deflorada por Siquém (filho de Hemor, o heveu) e disso resultou a vingança cometida por seus irmãos uterinos, fato esse que obrigou Abrão e sua família a se retirar daquela localidade.

DIONISIO, O AREOPAGITA Conforme Eusébio em “História Eclesiástica”, foi o primeiro Bispo de Atenas, empossado na época do Apóstolo Paulo. Posteriormente foi confundido com um homônimo (Bispo de Paris, no século III) e por isso foram-lhe atribuídas as famosas obras teológicas-misticas que, na verdade, foram escritas quatrocentos anos após a sua morte.

DIÓSCÓROS Emblema que representava Castor e Pólux, filhos de Júpiter e de Lêda e considerados deuses tutelares, especialmente, dos navegantes. Suas imagens eram esculpidas nas popas das embarcações.

DIÓTROFES Personagem influente que é citado na terceira Epístola de São João (talvez o Bispo de uma das Igrejas) como um dos que se recusavam a aceitar as normas e os ditames.

Disã Filho do horreu Seir

Dison (1) Filho de Ana e neto de Seir, o horreu.

DISON (2) Filho de Seir, o horreu, e ancestral de Hamdã, Esebã, Jetrã e Carã.

DISTRITO DOS GENTIOS Alcunha dada à Galiléia em função do grande número de gentios (os não judeus) que nela habitavam desde o tempo do rei Salomão.

DISTROS Nome macedônico – difundido pelas conquistas de Alexandre Magno – do mês que corresponde ao atual Fevereiro.

DOC A lembrança do  “Forte Doc” subsiste atualmente na fonte Ain Duk, cerca  de 8 km a noroeste da atual Jericó (Er-Riba), aos pés do monte chamado de Quarentena (em árabe, Karantal). Foi ali que Simão – dos Macabeus – foi morto junto com dois de seus filhos.

Doçura Uma das localidades onde os hebreus acamparam durante a marcha em busca da ““Terra Prometida””.

Dodanim Alguns lêem “Rodanim”. Dodanim deriva de “Dodona” que é uma localidade situada no Epiro. Eram os descendentes de Javã e de Noé. Ver Rodianos

Dodô Pai de Elcanã, um dos componentes do grupo "Dos Trinta", a guarda pessoal do rei Davi.

Doeg O chefe dos pastores do rei Saul. Era chamado de “O Edomita” por ser natural de Edom.

Dor Região litorânea, fronteiriça ao Mediterrâneo e próxima ao Monte Carmelo. Integrava o território da meia tribo ocidental de Manassés.

DORA O mesmo que Dor. Ver Dor.

DORCADE O mesmo que Tabitá. Ver Tabitá.

DORÍMENES Pai de Tolomeu, um dos comandantes do exército assírio na terceira campanha contra os hebreus liderados por Judas Macabeu.

DOSITEU (1)  Um dos oficiais das forças de Judas Macabeu.

DOSITEU (2) Homônimo do oficial de Judas Macabeu, era um dos judeus tubianos que escaparam da matança em seu país. Foi ele quem agarrou Górgias, pelo manto, para capturá-lo vivo, mas enquanto segurava-o teve o seu braço amputado por um inimigo, o que permitiu que Górgias fugisse para Marisa (ou Maresa).

DOSITEU (3) Provavelmente era um auto-proclamado Sacerdote e Levita que teria levado ao rei Tolomeu a versão grega do livro sobre o Purim. Ver Purim.

Dotain (Dotaim) Localidade situada num ameno vale, a nordeste de Siquém (atual Tell Dotan) e a 18 km ao norte de Samaria, na estrada para o monte Carmelo. Dotain era  rota das caravanas que pela planície de Esdrelon se dirigiam da Transjordânia ao Egito. Foi ali que os irmãos de José pastoreavam no dia em que o fizeram cativo e o venderam para caravaneiros.

Dotan (DOTÃ) Também conhecida como Dotaim. Ver Dotain.

DRUSSILA Filha de Herodes Agripa I, era judia e foi desposada primeiramente por Azizo (rei de Emessa, na Síria) e depois pelo Governador Felix que a tirou do primeiro marido. Drussila era irmã de Herodes Agripa II e de Berenice e, segundo a tradição, morreu junto com seu filho vitimada pelos gazes oriundos da erupção  de Vesúvio ocorrida durante o reinado de Tito (79-81 dC.). Ver Felix.

Dudu Provavelmente o nome egípcio dado a José, filho de Jacó. Ver Tell-Amarna.

Duma (1) Filho de Ismael, neto de Abrão e de Agar (serva de Sara), bisneto de Taré, trineto de Nacor e tetraneto de Serug.

Duma (2) Localidade pertencente ao território da tribo de Judá. Situava-se na região de montanhas.

DURA Planície que se localiza nas proximidades da antiga Babilônia.


 

Devo contribuir?
Ao receber o Senhor Jesus Cristo como seu Salvador, uma das primeiras coisas que você irá aprender é que Deus é amor. Como resultado disto, você logo perceberá que o amor precisa de uma forma prática para se expressar. Você aprenderá que há uma relação entre amar e dar. Deus é um Deus que nos dá muitas coisas. Amar e dar estão intimamente ligados nas Escrituras. “O Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gl 2:20), e “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” (Jo 3:16). Continuar Lendo...
Desenvolvido por Palavras do Evangelho.com