"Esta revelação, diante do tribunal, acontece antes das Bodas do Cordeiro?" 
 
"Sim, e não pode ser diferente; é a interpretação do Ap. 19,7-8: 
"Pois são chegadas as Bodas do Cordeiro, cuja esposa a si mesma já se ataviou, pois foi-lhe dado vestir-se de linho finíssimo, resplandecente e puro; pois que o linho finíssimo são as obras de justiça dos santos."
 "Tendo sido manifesta ante o tribunal, ela foi preparada para isso; pois ali é que se manifestou quais são os atos de justiça dos santos." 
 
"E qual é o segundo requisito para as Bodas do Cordeiro?" 
 
"Quando a Igreja estiver no céu, haverá na terra uma igreja aparente, nominal, que aqui ficou, e que afirma ser a verdadeira noiva de Cristo. Esta igreja falsa, que é descrita em Ap 17 e 18, tem antes de tudo, as características da Igreja Católica Romana. Veja Ap 17, 4¬6.9; 18, 3.9-16. Ela afirma ser a igreja-mãe, a verdadeira, a noiva do Cordeiro, mas é, na verdade, chamada de prostituta, por causa de suas ligações adúlteras com o mundo, e por suas idolatrias. Veja cap. 17,1-3.5. Imediatamente, após Deus ter envergonhado as suas aleivosas jactâncias e tê-la julgado (17,15-19; 18,5), acontecerá, no céu, o casamento, e a verdadeira noiva se tornará a esposa do Cordeiro." 
 
"Poderá ainda haver algum crente fiel nesta Igreja falsa?" 
 
"Não, pois a totalidade da Igreja já foi antes arrebatada. Alguns há que pensam que somente uma parte da Igreja será arrebatada, (por exemplo, a parte dos crentes que esperam fielmente a Sua Vinda), porém, a Escritura não faz tal diferença e mostra claramente que todos os crentes que dormiram (morreram) serão ressuscitados, e todos os crentes que ainda vivem serão transformados, no momento do arrebatamento. (1 Co 15, 23. 51.52; 1 Ts 4,16-17)." 
 
"Não, não foi Isso que pensei; minha pergunta é: Não haverá entre os cristãos nominais, pessoas que se converterão? O senhor mesmo disse há pouco que durante a grande tribulação haverá muitos que se converterão ainda ... " 
 
“Certo, porém não dentre os cristão nominais. Nós lemos com respeito àqueles que não acolhem o amor pela verdade para serem salvos, mas deleitaram-se na injustiça, que seus corações serão endurecidos quando, por um lado, Satanás os induzirá com toda sorte de engano e sinais de mentira; por outro lado, Deus mesmo lhes enviará a operação do erro, para darem crédito à mentira, a fim de que todos sejam julgados (2 Ts 2, 9-12). Pode ser que a "eficácia do erro" consista numa "explicação" que acharão para o repentino desaparecimento da Igreja. Talvez até façam trocas de presentes entre si, pela alegria de haverem desaparecido da terra, os "santos ¬os perturbadores", justamente como lemos em Ap 11, 8-12, com respeito às duas testemunhas." 
 
"Tanto maior será então sua surpresa e terror, quando virem a Igreja vindo com o Senhor do céu - pelo menos, penso eu, que verão não só o Senhor, mas tam¬bém a Igreja aparecerem glória ". 
 
"Exatamente. A Igreja se manifestará com Cristo em glória (CI 3, 4). Ainda não está manifesto ao mundo o que seremos; mas, naquele dia, verão que seremos semelhantes a Ele (1 João 3, 2). Ai o mundo conhecerá que o Pai nos amou como amou o Filho (João 17, 23). Sim, então o Senhor Jesus fará com que os cristãos nominais, os quais afirmam ser o povo da 
aliança de Deus, porém, não o são, mas mentem, venham aos pés dos crentes fiéis e se inclinem, reconhecendo que o Senhor Jesus os amou (Ap 3, 9). Então o Senhor, naquele dia em que voltar, será glorificado nos seus santos, e admirado em todos os que creram. (11 Ts 1,10)." 
 
"Começa com esta Vinda de Cristo, o Reino milenlal? Ouvi multas vezes dizer que já estamos agora vivendo esse Reino milenial. " 
 
"Posso compreender isso. examinemos rapidamente Ap 20, pois é o único lugar na Bíblia, que fala de um governo de mil anos. Não quero entrar em todos os pormenores, mas neste capítulo encontramos três pontos dos quais podemos entender, irrefutavelmente, não estarmos agora no Reino milenial. 12 - É fora de dúvida que o capo 20 segue cronologicamente o capo 19. Pode-se reconhecer pelos repetidos "e eu vi" (20,1.4, 11) os quais, juntos com os "Vi" e "Ouvi" nos capítulos 18, 1.4 e 19, 1.6.11. 17 e 19; e cap 21,1-2) nos mostram uma sequencia de acontecimentos, um em seguida do outro. Na verdade, em Apocalipse, há trechos completamente novos que voltam a falar de acontecimentos anteriores (assim em capo 11, 19 com 12, 1 e 17, 1 com 21,9) mas quando isto acontece, fica bem claro através do contexto. Agora, no contexto de Ap 19 e 20, não há como duvidar de que os mil anos acontecerão depois da Vinda do Senhor. 22 Durante os mil anos, Satanás estará acorrentado no abismo (versos 1 e 3 e 7), o que não se pode identificar com o tempo atual, onde Satanás anda bramando como leão que ruge (I Pedro 3, 8). 32 Todos os crentes estarão ressuscitados e glorificados, e reinarão com Cristo. (Versos 4 e 6). Também as almas daqueles que morreram durante a "hora da provação" por causa da sua fé, serão vivificados e terão parte na primeira ressurreição (verso 5). Durante os mil anos nenhum crente estará na sepultura, pois estarão todos ressuscitados e reinarão com Cristo mil anos."
 
Devo contribuir?
Ao receber o Senhor Jesus Cristo como seu Salvador, uma das primeiras coisas que você irá aprender é que Deus é amor. Como resultado disto, você logo perceberá que o amor precisa de uma forma prática para se expressar. Você aprenderá que há uma relação entre amar e dar. Deus é um Deus que nos dá muitas coisas. Amar e dar estão intimamente ligados nas Escrituras. “O Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gl 2:20), e “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” (Jo 3:16). Continuar Lendo...
Desenvolvido por Palavras do Evangelho.com