DICIONÁRIO GEOGRÁFICO

DOS LUGARES BÍBLICOS 

LOCALIZAÇÃO ATUAL

CIDADES,

LUGARES

E REGIÕES BÍBLICAS

CARACTERÍSTICAS

E O PAÍS ATUAL

AAVA

Rio e lugar na Babilônia, onde Esdras acampou: Esdras 8.15 - IRAQUE

ABANA

Rio em Damasco. 2 Reis 5.12 - SÍRIA

ABEL-BET-MAACA

Cidade em que Joab expulsou Seba: 2 Samuel 20; 1 Reis 15.20. - ISRAEL

ABEL-MEÚLA

Lugar para onde Gideão expulsou os medianitas; Lugar de origem de Eliseu: Juízes 7.22; 1 Reis 19.16 - ISRAEL

ABILENE

Região próxima a Damasco governada pelo tetrarca Lisânias. - SÍRIA

ACABA

Cidade localizada a sudeste do Mar Morto - JORDÂNI

ACADE

Cidade da Babilônia fundada por Nenrod por volta do ano 2500 a.C.: Gênesis 10.10 - IRAQUE

 ACAIA

Província da Grécia cuja capital foi Corinto no período romano. Atos 18.12 - GRÉCIA

ACARON

Uma das cinco cidades filistéias, onde a arca ficou durante certo período de tempo. 1 Samuel 5.10; Jeremias 25.20 - GAZA

ACELDAMA

Campo de sangue. Atos 1.19

ACO

Ver Ptolemaida - ISRAEL

ACOR

Fronteira de Judá ao sul de Jericó. Lugar em que Acã foi apedrejado, conforme Josué 7. 24-26

ACRE

Planície banhada pelos rios Quisom e Belus.- ISRAEL

ADAM

Lugar em que o rio Jordão foi bloqueado para permitir a travessia dos israelitas. Josué 3.16 - JORDÂNIA

ADAMA

Uma das cidades da Planície próxima à Sodoma - ISRAEL

ADODÁ

Adodá

ADRAMÍTIO

Porto na costa ocidental da Turquia, próximo a Tróia, lugar em que o apóstolo Paulo embarcou para Roma: Atos 27.2 - TURQUIA

AFEC

Lugar no qual os israelitas perderam a arca para os filisteus. 1 Samuel 4.1; 29.1 - ISRAEL

AFEGANISTÃO

País atual com área de 652.225 km2. O Afeganistão é montanhoso sem saída para o mar. Está situado no sudoeste da Ásia e faz parte do Oriente Médio. Atualmente, é um dos países mais pobres do mundo, com no máximo de 10% de solo apropriado para agricultura. A criação de ovinos e caprinos é a principal atividade pecuária. Os recursos minerais são abundantes, mas pouco explorados, predominando gás natural, carvão e minério de ferro. A indústria concentra-se em Cabul, a capital. Desde a Antiguidade, o Afeganistão é um ponto de confluência para o comércio e conquistas da Ásia. Foi dominado por Alexandre, o Grande, da Macedônia no século IV, por Genghis Khan no século XII e pelos turcos-otomanos no século XVIII. No século XIX o Afeganistão tornou-se palco de disputa entre o Império Russo e o Britânico. Em 1880 a monarquia afegane foi colocada sob tutela inglesa até 1919, quando o país conquistou a independência. Nos últimos anos tem assistido a implantação das rígidas leis muçulmanas. Cerca de 99% da população é islâmica e 1% pertencente a outras religiões. - AFEGANISTÃO

ÁFRICA

Continente africano - ÁFRICA

AI

Cidade conquistada por Josué no período do Bronze Antigo. Rodeada por um muro de pedra com cerca de 8 metros de espessura. - ISRAEL

AIJALON

Cidade de refúgio, fortificada por Roboão. Lugar em que o Sol parou enquanto Josué combatia: Josué 10.12; Josué 19.42; 1 Crônicas 6.54. - ISRAEL

ALEPO

SIRIA

ALEXANDRIA

Maior porto egípcio. Possuía uma numerosa colônia judaica. Cidade de origem de Apolo: Atos 6.9; 18.24. EGITO

AMALEC

ISRAEL

AMOM

Região dos amonitas a leste do Mar Morto. Estas terras não pertenciam aos israelitas no tempo da conquista. Os amonitas foram incorporados no império assírio, babilônico e persa. Posteriormente, nos períodos de independência, constituíram ameaça para Israel até o tempo dos Macabeus. - JORDÂNIA

ANATÓLIA

Império construído pelos hititas antes de 2000 a. C. - TURQUIA

ANATOT

Cidade natal de Jeremias, situada ao norte de Israel - ISRAEL

ANATOTE

ISRAEL

ANFÍPOLIS

Cidade da Grécia setentrional por onde o apóstolo Paulo passou: Atos 17.1 - GRÉCIA

ANTÁLIA

 

ANTIOQUIA

Cidade grega e metrópole da Síria. Terceira cidade do Império Romano, inferior apenas à Roma e Alexandria. Base de onde partiram Paulo e Barnabé: Atos 11; 13.1 - SÍRIA

ANTIOQUIA

DA PISÍDIA

Capital da província e grande centro comercial. O apóstolo Paulo foi expulso dessa cidade mediante o apoio das autoridades. Antes porém, fundou uma igreja e instruiu os crentes a prática do evangelho: Atos 13.14. - TURQUIA

ANTIPÁTRIDA

Ou Antipatris – para onde o apóstolo Paulo foi levado sob escolta: Atos 23.31 - ISRAEL

ÁPIO

Praça. Atos 28.15

APOLÔNIA

GRÉCIA

AR

Capital de Moab. Esta terra não foi dada por Deus aos israelitas. Deuteronômio 2.9. - JORDÂNIA

ARà       

Arã; Arã-Naarã; Arã-Damasco; Arã-Zobá: 1 Samuel 14.47; Arã-Maaca: 1 Crônicas 19.6; Gesur: Deuteronômio 3.14; Arã-Bete-Reobe: 2 Samuel 10.6 – SÍRIA

ARABÁ

Vale situado na região montanhosa de Edom. Na caminhada do Egito à Canaã, os israelitas queriam atravessar Edom, mas seu pedido foi recusado. JORDÂNIA

ARÁBIA

Relacionado à península Arábica. Região de grandes desertos. Estende-se desde a foz do Rio Nilo até o Golfo Pérsico no sentido oeste-leste e desde a Síria até o sul da Península Arábica no sentido norte-sul. Foi na parte ocidental da Arábia, também chamada Arábia Pétrea, incluindo-se nela a Península do Sinai, que os israelitas peregrinaram durante 40 anos e receberam a lei por intermédio de Moisés. Os hebreus antigos chamavam a Arábia de Partes do Oriente (Gênesis 25.6). Seus habitantes primitivos foram os amalequitas, edomitas, ismaelitas, midianitas, amonitas e cenitas. O sogro de Moisés, Jetro, pertencia aos cenitas. Estes povos eram nômades e seminômades e cada um pertencia a um reino. A terra de Ofir, famosa por possuir ouro (2 Crônicas 9.10), foi apontada por alguns autores no extremo sul da Arábia, e por outros, na Somália ou Eritréia na África. Muitas regiões da Transjordânia, a leste do rio Jordão, são citadas no Antigo Testamento, como Basã, Galaad, Rabá-Amon, Moab e Edom. A partir de 300 a.C. a região foi ocupada pelos nabateus, um grupo de árabes que desenvolveram uma cultura baseada no comércio de incenso. A capital da Arábia foi a cidade de Petra, que ficava próximo ao Golfo de Ácaba. No tempo do Novo Testamento os nabateus estenderam seu domínio até leste de Damasco, cujo governo era feito por um representante do seu rei Aretas (2 Coríntios 11.32). O apóstolo Paulo passou algum tempo neste lugar após sua conversão, conforme registra a carta aos Gálatas 1.17. 

 

ARÁBIA SAUDITA, JORDÂNIA, SÍRIA IÊMEN, OMÃ, EMIRADOS ÁRABES UNIDOS, QATAR, BAHREIN

ARÁBIA

SAUDITA

País atual com área de 2.400.900 km2. Ocupa o coração da vasta e árida península Arábica. Não possui rios perenes. Apresenta a oeste, montanhas ao longo do Mar Vermelho. A temperatura ultrapassa

44ºC no verão. O planalto do interior apresenta um relevo mais suave e com pouca vegetação até o golfo Pérsico. A parte sudeste do país é praticamente desabitada. Nas faixas costeiras e nos oásis são cultivados cereais e tamareiras. O petróleo é o produto mais importante, do qual dependem as exportações e desenvolvimento econômico. Há tentativas de aumentar a produção de alimentos, através de projetos de irrigação e aterramento. O primeiro reino saudita atingiu seu apogeu por volta de 1800, mas foi anexado ao Império Turco-Otomano. Com a derrota otomana na Primeira Guerra Mundial, a Península Arábica se viu formada por cinco reinos autônomos. Em 1932 estes reinos foram unificados sob o nome de Reino da Arábia Saudita. Após a Segunda Guerra Mundial, o governo manteve uma política externa de alinhamento com os Estados Unidos, porém, sem apoiar Israel o maior parceiro dos norte-americanos no Oriente Médio. Em 1973 os principais exportadores árabes embargaram o fornecimento de petróleo e aumentaram seu preço em represália ao apoio dos Estados Unidos e da Europa Ocidental a Israel. Em 1991, a Arábia Saudita tornou-se o principal aliado dos Estados Unidos contra o Iraque na Guerra do Golfo. A ArábiaSaudita é uma monarquia absolutista e 98,8% da população é islâmica. O país recebe anualmente, cerca de 2 milhões de muçulmanos que se dirigem às cidades sagradas do islamismo, Medina e Meca. - ARÁBIA SAUDITA

ARAD

Cidade do período 2900-2700 a.C. Apresentava muralha de pedra e torres semicirculares para o exterior, casas de planta quadrangular, ruas e pátios. Os edifícios públicos, provavelmente templos, possuíam cisternas. Foi fortaleza persa, helenística, romana e nabatéia. - ISRAEL

ARARATE

Monte onde a arca de Noé parou após o Dilúvio. Gn 8.4 .Sul da Armênia, divisa com Turquia - ARMÊNIA

AREÓPAGO

O apóstolo Paulo foi conduzido perante esta assembléia, que antigamente se reunia numa colina. Atos 17.19 - GRÉCIA

ARGOB

Região do reino de Og em Basã, a leste do Jordão - JORDÂNIA

ARIMATÉIA

Cidade.Mateus 7.17

ARMAGEDOM

Lugar. Apocalípse 16.16

ARMÊNIA

País atual com 30.000 km2. A Armênia é a menor das 15 repúblicas da ex URSS. O país, sem saída para o mar, tem relevo acidentado, com verões quentes e secos e invernos rigorosos. As áreas de solos férteis são limitadas. Extensas pastagens montanhosas alimentam bovinos, ovinos e caprinos. As principais indústrias estão nos setores químico, têxtil e de fabricação de máquinas. Na antiguidade, esta região abrangia as terras ao norte da Média, Assíria e Síria, tendo a Ásia Menor e o Mar Negro a oeste, o Mar

Cáspio a leste e ao norte as montanhas do Cáucaso. Nesta região encontra-se o Monte Ararat com 5.156 metros de altitude, onde descansou a arca. Gênesis 8.4, indica que após o dilúvio, a Arca de Noé aportou neste lugar. Há muitas especulações sobre o lugar exato. Os habitantes de Bayzit, uma aldeia armênia no sopé da montanha, mantêm viva de geração em geração, a história de um pastor que teria visto um grande navio de madeira no alto do monte. A primeira expedição de arqueólogos ao lugar em 1833, também revelou ter avistado a proa de um navio numa geleira. Durante a Primeira Guerra Mundial, um oficial russo garantiu ter observado de seu avião, os restos desfigurados de um navio na encosta sul da montanha. - ARMÊNIA

ARNON

Rio que desemboca no Mar Morto e fazia fronteira entre Moabe e a Tribo de Rubem. Josué 13.9 - JORDÂNIA

AROER

AROER

Cidade situada na margem norte do rio Arnon: Deuteronômio 2.36. - JORDÂNIA

ARUADE

Cidade insular da Fenícia - LÍBANO

ARVADE

Ver Aruade - LÍBANO

ASCALOM

Fortaleza filistéia mencionada nas narrativas sobre Sansão: Juízes 14.19. Em 1920 foi encontrada fortificações dos hicsos, objetos de cultura egeu-cipiota, edifícios helenisticos e romanos. - GAZA

ASDODE

Ver Azoto - ISRAEL

ASER

LÍBANO

ÁSIA

Continente asiático - ÁSIA

ÁSIA MENOR

Também chamada em algumas citações de Ásia, foi uma Província romana, cuja capital era Éfeso, o maior centro comercial, religioso e político. Esta região está situada no ponto de encontro da Ásia com a Europa. É uma península banhada pelo Mediterrâneo oriental e pelo Mar Negro e corresponde a atual Turquia. Apresenta um relevo muito movimentado com a presença de montanhas cobertas de neve – entre elas a cadeia Ararat. Na parte oeste, localizam-se as planícies, boas para a agricultura. Na Antigüidade a região apresentava uma população dispersa em núcleos separados uns dos outros. A Ásia Menor ligava-se às correntes de trocas do oriente como fornecedora de madeira, pedra para construção e minérios. Seu povoamento e seu quadro político sempre foram complexos e fragmentados. Os hititas foram os primeiros habitantes desta região. Sua civilização se desenvolveu desde a época de Abrãao. Por volta de 1350 a.C. os hititas descobriram como fundir o ferro, dando início a Idade do Ferro. Aos poucos os hititas foram se organizando na região central, chamada Anatólia, até tornar-se o grande Império Hitita. Por volta de 1200 a. C. foram atacados pelos povos do mar e destruídos. Quando o Império Hitita se desintegrou, esta região tornou-se parte de outros impérios poderosos: Assírio, Babilônico, Persa e Grego. A região tornou-se muito rica e muitas cidades foram construídas. No início da Era Cristã, quando os romanos governavam toda a região mediterrânea, Éfeso foi a capital da Ásia. A Ásia Menor também foi palco das atividades missionárias do apóstolo Paulo, e onde localizavam-se as sete igrejas da Ásia, referidas no livro do Apocalipse. - TURQUIA 

ASIONGABER

Porto que servia de ligação entre Israel e as costas do Oceano Índico, de onde procediam tesouros e produtos exóticos no tempo de Salomão. - ISRAEL

ASSÍRIA

Localizada ao norte da Mesopotâmia, os assírios eram vizinhos dos babilônicos. Antes de 2000 a.C., a Assíria foi dominada pelos amorreus. Por volta de 1300 a.C., o povo assírio começou a se fortalecer tornando-se um império. Dominou toda a região desde o território que hoje corresponde ao Iraque até Israel. Neste período a capital ficava em Assur. Em 883 a.C. Assurbanipal II transferiu-a para Cale. A capital assíria foi transferida para Nínive, por volta do ano 700 a.C., onde permaneceu até que os caldeus e os medos destruíram a cidade em 612 a.C. A Assíria foi uma das grandes forças da Mesopotâmia desde 1400 a.C. Por volta de 900 a.C., expandiu-se até tornar-se um grande império. Desde o século XIX, os pesquisadores exploram alguns lugares importantes desse império. Entre as principais descobertas está uma biblioteca de 22.000 pedaços de argila que continham escritos sobre a cultura ea vida diária dos assírios, em Nínive além de jóias que pertenceram a uma rainha assíria. Os assírios foram pessoas cruéis. Ficaram conhecidos como um dos povos mais belicosos da Antigüidade. - IRAQUE, SÍRIA

ASSÔS

Lugar – Atos 20.13 - TURQUIA

ASSUR

ASSUR

Foi capital da Assíria. Situada na margem ocidental do rio Tigre a 96 quilômetros ao sul de Nínive - IRAQUE

ATÁLIA

Cidade portuária junto à costa meridional da Turquia, por onde o apóstolo Paulo passou na primeira viagem missionária: Atos 14.25

ATENAS

ATENAS

Capital da Grécia. Foi um grande polo cultural na Antigüidade. Atos 17.15 - GRÉCIA

AURANITES

Ver : Traconites, Gaulonites e Ituréia

AZOTO

Azoto no período greco-romano; povoação filistéia a 4,5 km do mar, ao norte de Gaza. Atos 17.15. Cidade que hospedou a arca no templo de Dagon: 1 Samuel 5. Mencionada no Antigo Testamento sob o nome de Asdode. - GAZA

BABEL

Lugar onde foi elevada a grande torre, identificada como Babilônia – Genesis 10.10

BABILÔNIA

Cidade junto ao Rio Eufrates, foi capital do império babilônico da Mesopotâmia meridional. O povoamento da Babilônia na baixa Mesopotâmia, foi formado pelos sumérios e acádios, por volta de 3000 a.C. Foi desta região que emigrou o patriarca Abraão que deu origem ao povo hebreu. Hamurabi foi o fundador do primeiro Império Babilônico. Conseguiu unificar os semitas e sumérios. Durante seu governo (1728 a.C.-1686 a.C.), cercou a capital com muralhas, restaurou templos importantes e outras obras públicas. Implantou um código de leis morais, o mais antigo da história e que ficou conhecido como o Código de Hamurabi no qual estabeleceu regras de vida e determinou penas para as infrações, baseadas na lei do olho por olho, dente por dente. A Babilônia foi um centro religioso e comercial de grande importância na Antigüidade. Suas muralhas tinham cerca de 100 metros de altura, equivalente a um edifício de 34 andares. A largura destas muralhas correspondia a largura de uma rua, com capacidade para que dois carros pudessem andar lado a lado. Os assírios foram gradualmente conquistados pelos babilônicos, que tinham o auxílio dos medas, entre 626 e 612 a.C., ano em que Nínive finalmente foi tomada. A Babilônia tornou-se a nova ameaça e os egípcios, pressentindo o perigo, partiram em socorro à Assíria, mas foram derrotados pelos babilônicos na batalha de Carquemis, em 604. O rei Jeoaquim de Judá, passou a pagar tributo a Nabucodonosor da Babilônia como relata 2 Reis 24. O império babilônico não teve vida longa. Em menos de um século, já sofria grandes pressões. Em 538 a.C., Quando Belsasar participava, juntamente com sua corte de uma grande festa, os exércitos medo-persas invadiram a Babilônia colocando fim ao domínio babilônico. - IRAQUE

BAHREIN

País atual com área de 661 km2. O emirado é uma ilha árida no golfo Pérsico, com menos de 80,, de chuvas ao ano. As temperaturas no verão oscilam por volta de 32ºC. Este país é um tradicional centro comercial desde o século XVI quando os portugueses instalaram-se no arquipélago de Barein, então desabitado, e permaneceram até serem dominados pelos persas. Em 1861, a região tornou-se um protetorado inglês. A independência ocorreu em 1971. Barein foi um dos primeiros países da região a encontrar e exportar petróleo, mas suas reservas estão praticamente esgotadas. Um quarto da população do país é estrangeira, formada por paquistaneses, afeganes e indianos, além de norte-americanos e britânicos que trabalham nas companhias petrolíferas. Cerca de 81% da população é islâmica, 8,5% cristãs e 9,8% pertencem a outras religiões. - BAHREIN

BASÃ

Leste do Mar da Galiléia. Nesta região localizaram-se as províncias de Auranites, Traconites, Gaulonites e Ituréia.

BEER-

LAAI-ROI

Fonte de água no deserto Gn 16.7,14. Isaque viveu ali após a morte de Abraão Gn 24.62. Próximo a Cades e Berede, no Neguev. Gn 16.14 - SÍRIA

BELÉM

Cidade a 777 metros de altitude. Seu nome em hebraico significa casa do pão. Situa-se a sudoeste de Jerusalém cerca de 10 quilômetros. Possui cerca de 12.000 habitantes. Nos tempos de Jesus, a cidade de Belém pertencia à região da Judéia. A cidade fica no alto de uma colina –fortaleza natural. Possivelmente a origem da cidade está em Efrata, da família de Belém. Em Belém, Rute uma moabita, (nora de Noemi) se encontrou com Boaz, casou-se e teve Obede, pai de Jessé, pai de Davi. Desde os tempos de Boaz, até o tempo de Davi, cerca de 1000 anos antes do nascimento de Jesus, Belém foi uma aldeia muito pequena. E ainda hoje, os campos de Belém conservam a mesma fertilidade e exuberância da Antiguidade. Na época do ministério de Jesus, Belém era uma cidade pequena. Jesus nunca visitou Belém em seu ministério. Hoje a cidade cresceu, pertence à Israel e vive principalmente do comércio. - ISRAEL

BELUS

Arroio situado a sudoeste da tribo de Aser e que desemboca no Mediterrâneo. O mesmo Sior Libnate, mencionado em Josué 19.26. - ISRAEL

BENJAMIN

Uma das doze tribos de Israel, que teve suas posses nas proximidades de Jerusalém - ISRAEL

BERÉIA

Cidade .Atos 17.10 - GRÉCIA

BERSEBA

Lugar onde Abrão ofertou sete cordeiras a Abimeleque, junto ao Poço que cavou e onde plantou tamareiras e invocou o nome do Senhor. Gn 21.22-34 - ISRAEL

BESOR

Rio de deságua no mar Mediterrâneo: 1 Samuel 30. 9-10 - ISRAEL

BETÂNIA

Cidade próxima a Jerusalém.Mateus 21.7

BETÂNIA

Cidade localizada na região da Peréia, a leste do rio Jordão, reino de Heródes Antipas - JORDÂNIA

BETEL

Lugar em que Jacó teve uma visão Gn28.1-22. Jeroboão construiu um ídolo 1 Rs12.28-32. Por causa deste pecado, Deus ordena a destruição de Betel 1 Rs 13.1; 2 Rs 23.15-17 e Am 3.14-15. - ISRAEL

BETESDA

Piscina em Jerusalém, ao lado da qual Jesus curou um inválido. João 5.2 - ISRAEL

BETFAGÉ

Cidade. Mateus 21.1

BETSÃ

Cidade em cujos muros os filisteus dependuraram o corpo de Saul. 1 Samuel 31.1. - ISRAEL

BETSAIDA

Cidade. Mateus 11.21 - ISRAEL

BET-SAMES

Lugar para onde os filisteus reconduziram a arca. 1 Samuel 6 - ISRAEL

BETSUR

Idade em que se estabeleceram os descendentes de Calebe. Fortificada por Roboão. 1 Crônicas 2. 45 - ISRAEL

BIBLOS

Ou Gebal. Forneceu artesãos para construção do templo. 1 Reis 5 - LÍBANO

BITÍNIA

Província romana próxima ao Mar Negro. Atos 16.7 - TURQUIA

BIZÂNCIO

BIZÂNCIO

BONS PORTOS

Lugar. Atos 27.16 CRETA

BOQUIM

 

CADES

LÍBANO

CADES –

BARNÉIA

Cades – Barnéia - Deserto do Neguev. Gn 24.62 - ISRAEL

CAFARNAUM

Cidade em que situava-se a casa de Pedro. Mateus 4.13

CALDÉIA

Caldéia – ver Babilônia

CALNE

Cidade Assíria, as margens do rio Tigre. Amós 6.2

CANÁ

Ou Caná da Galiléia. Cidade: João 2.1 - ISRAEL

CANAÃ

Desde os tempos remotos a Palestina foi chamada de terra de Canaã e seus habitantes de cananeus. Quando Abrão chegou em Canaã por volta do ano 2000 a.C., era mais um semita que vinha somar-se à população camita da terra de Canaã. Aregião era ocupada por diversas tribos conhecidas sob o nome geral de cananeus (Genesis 12.6, 24.3,37), por ter origens na descendência do filho mais novo de Cão (neto de Noé), chamado Canaã. Gênesis 10:15-16, lista os seguintes povos cananeus: heteus, amorreus, periseus, heveus, jebuseus, girgaseus, arqueus, sineus, arvadeus, zamareus, hamateus. Os únicos relatos conhecidos até hoje, sobre os cananeus estão na Bíblia, por isto ainda não é possível determinar com precisão os limites das tribos primitivas de Canaã, por falta de dados sobre suas origens, idiomas e costumes. Provavelmente, cada povo constituia-se num reino e foram subordinados ao Egito. Geralmente, denomina-se esta região de Palestina. A área de Canaã é de 26.390 km2, e inclui o território filisteu, que alcançava 4.589 km2 na época de sua maior extensão territorial. Sua largura de Acre ao mar da Galiléia é de 42 km e de Gaza ao mar Morto – 88 km, conforme Números 32:26-32 - ISRAEL

CAPADÓCIA

Região. Atos 2.9

CARMELO

Atual cidade de Haifa. Lugar em que o profeta Elias desafiou os profetas de Baal - ISRAEL

CARQUEMIS

SÍRIA

CARTAGO

 

CAVEIRA

Ver Gólgota - ISRAEL

CEDRON

Ribeiro que nasce ao norte de Jerusalém entre Jerusalém e o Monte das Oliveiras: 2 Samuel 15.23; João 18.1 - ISRAEL

CENCRÉIA

Porto situado em Corinto. Atos 18.18 - GRÉCIA

CESARÉIA

Capital da província romana da Judeia. Cidade portuária - ISRAEL

CESARÉIA

DE FELIPE

A cidade está situada em uma das nascentes do Rio Jordão. Possui uma parede calcária que provavelmente é a rocha citada em Mateus 16:18 onde Jesus diz a Simão que ele é a rocha sobre a qual edificará sua igreja. Nesta pedra se rendia culto ao deus Pã cujo santuário e inscrições se conservam até hoje. A cidade foi capital da Tetrarquia de Felipe, príncipe herodiano. - ISRAEL

CHIPRE

País atual com área de 9.250 km2. Ilha do Mediterrâneo com verões quentes e secos e invernos quentes e úmidos. Dois terços da ilha são ocupados com o cultivo de frutas cítricas, batata, cevada, trigo e azeitonas. Ovinos, caprinos e suínos são as principais atividades pecuárias. Os produtos de exportação mais importantes são minerais –cobre e amianto, frutas, vinho e verduras. O turismo é uma importante fonte de divisas, apesar da ocupação turca na parte norte da ilha. Foi colonizado pelos micênios por volta de 1500 a.C., dominada pelos assírios, egípicios e persas. No ano 58 a.C. foi incorporado ao Império Romano e em 395 ao Bizantino. Em 1191 tornou-se base para os cruzados e em 1517 foi incorporado ao Império Turco-Otomano. No início do século XX, 1925, foi declarado colonia da Inglaterra. No ano de 1959 a Inglaterra, Grécia e Turquia aprovaram um plano para tornar a ilha uma república independente, ligada a Comunidade Britânica. Em 1964 uma ameaça de Guerra entre Grécia e Turquia por causa de Chipre, levou a ONU a enviar forças de paz para a região. Em 1974 a Turquia invade Chipre e ocupa o norte da ilha - cerca de 40% do território. O exército turco continua ocupando o norte da Turquia até que em 1983 proclama a República Turca do Norte de Chipre, reconhecida somente pela Turquia. Há tentativas de unificação da parte norte e a parte grega do sul de Chipre. Atualmente, cerca de 93% da população do país é cristã. Terra natal de Barnabé. Atos 4.36 - CHIPRE

CILÍCIA

Região onde se localizava Tarso – Atos 22.3 - TURQUIA

CIRENE

Cirene era capital da Líbia no Império Romano. Atos 2.10 - LÍBIA

CITÓPOLIS

ISRAEL

CLAUDA

Ilha – Atos 27.16

CNIDO

Cnido - Atos 27.7 - TURQUIA

COLISEU

O Coliseu – ficava em Roma. Nele eram  apresentados esportes cruéis e perigosos para entretenimento do público. Lutadores treinados, chamados de gladiadores, lutavam entre si ou com animais selvagens. Os prisioneiros eram executados de formas cruéis, diante de grandes multidões. Entre eles estavam os cristãos, que eram jogados a leões famintos. - ITÁLIA

COLOSSOS

Cidade. Colosensses 1.2 - TURQUIA

CORAZIM

Cidade. Mateus 11.21 - ISRAEL

CORINTO

Cidade portuária entre o Mar Egeu e o Mar Adriático. Atos 18.1 - GRÉCIA

CÓS

Cidade. Atos 21

CRESCENTE FÉRTIL

IRAQUE

CRETA

Ilha: Região insular da Grécia com área de 8.330 km 2, população de 501.082, cuja capital atual é Iráklion. Foi o lugar de parada do apóstolo Paulo em sua viagem à Roma no ano 60 d.C. Os minóicos construíram cidades e palácios em Creta há cerca de 3000 a.C. Foi nailha de Creta que surgiu uma cultura chamada de Civilização Minóica. Hoje a região é representada por ruínas de palácios construídos por volta de 2.000 a.C., e que foram reconstruídos várias vezes devido aos sucessivos terremotos que atingiram a ilha. É provável que cada palácio tenha sido o centro de um pequeno reino. Os marinheiros minóicos comercializavam bens e produtos manufaturados com o Egito e outros reinos do Oriente Médio. Essa civilização exerceu uma profunda influência cultural sobre as comunidades do Mar Egeu. Por volta de 1200 a.C., desencadeou-se uma migração de povos guerreiros. Esses povos, chamados pelos egípcios de povos do mar, vieram de ilhas do Mar Mediterrâneo e do Mar Egeu, com suas famílias e estabeleceram-se no litoral leste e sul do Mediterrâneo. Guerrearam com os hititas e egípcios e finalmente, estabeleceram-se no litoral de Israel atual a partir de Gaza até Ascalon, Azoto e Gate. Foram os adversários mais terríveis dos israelitas no tempo dos Juizes e de Saul, primeiro rei de Israel. Paulo esteve em Creta. Atos 27.7 - CRETA

CUXE

Significa Etiópia. Um cuxita é mencionado no Antigo Testamento como fundador de Babilônia. - ETIÓPIA

Dã - ISRAEL

DALMÁCIA

Cidade. 2 Timóteo 4.1

DALMANUTA

Região. Marcos 8.10

DAMASCO

Uma das cidades mais antigas do mundo. Gênesis 15.2; Atos 9.2 - SÍRIA

DECÁPOLIS

Região a leste do rio Jordão formada por dez cidades: Gerasa, Filadélfia (Petra). Mateus 4.25 - JORDÂNIA

DERBE

Cidade do sul da província da Galácia. Distante 32 km de Listra. Atos 14.16 - TURQUIA

DOR

ISRAEL

DOTAIN

Ou Dotã ficava na planície que separa as colinas de Samaria da Serra do Carmelo, cerca de 30 quilômetros ao norte de Siquém. Por ela passava a estrada comercial que percorria a costa ocidental de Israel, desde Gileade até o Egito, lugar que os irmãos venderam José a mercadores medianitas.-  ISRAEL

EBAL

Ebal, monte localizado na região de Samaria com altitude de 924 metros. Deuteronômio 11.29 - ISRAEL

EBLA

Descoberta aqueológica em Ebla, revelou um arquivo real (cerca de 2400 a.C.) com documentação de valor incalculável. - SÍRIA

ECBÁTANA

IRÃ

ECRON

ISRAEL

ÉDEN

O Jardim do Éden, situado em algum lugar da Mesopotâmia, existiu provavelmente num local próximo às nascentes dos rios Tigre e Eufrates (Gênesis 2.10-14), embora alguns autores, indiquem a possibilidade de localização, próximo à foz desses rios ou na região de Bahrein. - IRAQUE, BAHREIN

EDESSA

Importante centro cultural do início da Era Cristã - SÍRIA

EDOM

Edom – Significa vermelho. Esta região tem este nome devido a coloração de sua formação rochosa. Teve como sua capital durante o império grego, a cidade de Petra. Nesta região viveu um povo chamado nabateu, que controlava as rotas ao sul da Arábia. Nação formada pelos descendendes de Esaú, irmão de Jacó. Localizada a sudeste do Mar Morto. - JOSRDÂNIA

ÉFESO

 

Capital da província da Ásia Menor. Suas ruínas ainda mostram a grandiosidade dessa cidade em outros tempos. O apóstolo Paulo ensinou nesta cidade durante dois anos em sua segunda viagem missionária. Atos 19.26. Segundo a tradição, o apóstolo João passou os últimos anos de sua vida neste lugar. - TURQUIA

EFRAIM

Região da Tribo de Israel. João 11.5 - ISRAEL

EFRATA

Efrata - Ver Belém – lugar de nascimento de Jesus - ISRAEL

EGITO

País do norte da África, com área de 1.000.250 km2. A região mais importante do Egito é o fértil vale do Nilo, que situa-se entre dois desertos. O país depende do rio Nilo para seu suprimento de água. A agricultura se concentra na planície e delta do Nilo, mas não é suficiente para suprir a demanda interna. Turismo é uma importante fonte de renda para o país, da mesma forma, o pedágio cobrado pela exploração do Canal de Suez. A civilização egípcia é

muito antiga, e ocorreu nas proximidades do delta do Nilo. Quando Abraão entrou em contato com os egípcios por volta de 2100-1800 a.C., essa civilização já tinha cerca de 1000 anos. José e sua família estabeleceram-se no Egito provavelmente por volta de 1720 a.C. e o êxodo aconteceu por volta de 1320 a.C. O uso de armas e ferramentas de cobre aumentou a grandeza do Egito e tornou possível a construção de edifícios de pedra lavrada. Nesta época foram reconstruídas as pirâmides, ato que deu aos reis construtores de tumbas, o título de faraó ou casa grande. No fim desse período a difusão da cultura alcançou proporções consideráveis, porém, a medida que se melhoravam as condições de vida. As disputas internas e a invasão dos hicsos, povos que vieram da Síria e de Israel, interromperam a expansão egípcia. As descobertas arqueológicas de fortificações desse período, apresentam etapas de expansão dos hicsos na região. Somente após a expulsão dos hicsos, os egípcios se aventuraram na conquista de territórios da Mesopotâmia, Síria, Israel, Chipre, Creta e ilhas do Mar Egeu. O Egito também sofreu pressão e invasão dos gregos, filisteus, etíopes, assírios, persas, macedônios e romanos. - EGITO

EGLOM

ISRAEL

ELAM

Segundo descobertas arqueológicas, Susã, capital do Elam, foi fundada cerca de 4000 a.C. Genesis 14 relata que Quedorlaomer -que aprisionou Ló e, em cuja perseguição saiu Abraão derrotando-o, era rei de Elam. Na época, os elamitas eram muito poderosos. Invadiram várias cidades próximas ao Mar Morto. Elam corresponde atualmente a moderna província do Khuzistan no noroeste do Irã. - IRÃ

ELATE

Cidade localizada a sudoeste do Mar Morto - IRAEL

ELIM

EGITO

ELISÁ

Provavelmente Cartago, uma cidade semelhante a Tiro.Ez 27.7

EMAÚS

Lugar. Lucas 24.13 - ISRAEL

EMIRADOS ÁRABES

UNIDOS

É formado por sete emirados localizados na entrada do Golfo Pérsico. Cada um é governado por um xeque. Desde o final do século XIX, os emirados foram controlados pelos britânicos. Em 1971 foram organizados numa Federação de monarquias islâmicas. O país trava uma disputa territorial com o Irã pela posse de três ilhas no estreito de Ormuz. Os Emirados Árabes Unidos possui um território desértico, pontilhado por oásis. Existe uma relativa liberdade religiosa mas o regime político é fechado. Não há partidos e o fundamentalismo islâmico está em crescimento. Cerca de 96% da população é islâmica. - EMIRADOS ÁRABES UNIDOS

 

 

ESCOL

Vale do Escol. Lugar próximo a Hebrom onde os espias colheram cachos de uvas grandes para levá-los a Moisés como amostra da fertilidade do solo: Números 13.24 - ISRAEL

ESDRELOM

Esdrelom – vale - ISRAEL

ESMIRNA

Cidade situada a 64 Km ao norte de Éfeso, era um importante cruzamento das rotas comerciais Terrestres e marítimas. A cidade foi vítima de vários terremotos e muito destruída por incêndios. A ruína mais importante da época romana é o forum onde o bispo Policarpo confessou Cristo e foi martirizado, por volta do ano 155 d.C. Atualmente ainda subsiste no mesmo local, sob o governo turco. É um centro comercial, com uma população em torno de 400 mil habitantes, em sua maior parte cristãos. Apocalípse 1.11 - TURQUIA

ESPANHA

País da Europa. Paulo pretendia viajar até a Espanha em sua viagem missionária, porém não há relatos de que tenha cumprido este objetivo. Romanos 15.24 - ESPANHA

 ETIÓPIA

A Etiópia vizinha do Egito, anteriormente foi denominada de Cuch. Durante o I milênio, a Etiópia cuja capital foi Napata, teve grande poder, talvez, como o Egito. Por volta do ano 900 a.C., os egípcios destacaram um general etíope contra Judá (2 Crônicas 14.8-14). Por volta de 789 a.C., uma dinastia etíope apoderou-se do Egito e interveio em Judá (2 Reis 19.9). A Etiópia era o limite extremo do Império Persa, conforme Ester 1.1; 8.9. Porém ela ficava muito distante para ser governada permanentemente pelas grandes potências. - ETIÓPIA, ERITRÉIA

EUFRATES

Eufrates, Rio - - TURQUIA, SÍRIA, IRAQUE

EVAL

Eval, monte com 940m

FENÍCIA

Região que corresponde ao Líbano atual. Esta região localizava-se entre o Mar Mediterrâneo a oeste, a Síria, a leste e norte e Israel ao sul. Atualmente esta região corresponde ao Líbano. As principais cidades citadas no Antigo Testamento foram Tiro e Sidom. Seus habitantes, provavelmente originários do Golfo Pérsico, ocuparam a costa do Mar Mediterrâneo por volta de 1700 a.C. Eram especialistas em navegação, comércio, ciências, artes e literatura, e exerciam uma grande influência sobre as demais nações do mundo. Seus habitantes também foram chamados de cananeus e de povo de Tiro e Sidom, como por exemplo a mulher cananéia citada em Marcos 7.24-26 e Mateus 15.21-22. O comércio e as atividades de guerra marítima, permitiram que Tiro colonizasse o sul da Península Itálica, parte da Sicília, litoral sul da Península Ibérica e norte da África, fundando Cartago em 814 a.C. Em 800 a.C. a Fenícia foi invadida e dominada pelos babilônicos em 586 a.C., pelos persas em 332 a.C. foi dominada pelos macedônios. - LÍBANO

FILADÉLFIA

Filadélfia - Cidade às margens de um vale muito produtivo. a expressão "uma colina no templo do meu Deus" poderia aludir ao templo erguido sobre a colina atrás da cidade. - TURQUIA

FILISTIA

Porção sul da região costeira de Israel, na qual se localiza Gaza. Os filisteus eram uma população proveniente de regiões do Mediterrâneo, provavelmente de Creta. Possuíam aspecto físico e modos de vestir diferentes dos demais. Eram muito idólatras e durante muito tempoforam inimigos de Israel. Estabeleceram-se no litoral a partir de Gaza, na Filistéia, dando origem ao nome da região, que mais tarde ficou conhecida como Palestina. Por volta de 1300 a.C., um grande contingente populacional, denominado de povos marítimos,migrou para o litoral leste do Mediterrâneo, entre eles, os filisteus. Pesquisas arqueológicas encontraram cerâmica característica do estilo miceniano e sinais de uma civilização bem organizada. Os filisteus são retratados na Bíblia como destruidores e pessoas pouco sofisticadas. No entanto, as escavações recentes feitas tanto em Ascalon, importante capital filistéia, como em outros sítios filisteus, indicaram que eles eram cosmopolitas, apreciadores de cerâmicas artísticas e produtores de bons vinhos. Em 1990 foi descoberto em Ascalon, um santuário em um recepiente de cerâmica com formato de uma colméia, com uma imagem de 10 centímetros de altura de um bezerro de bronze recoberto de prata – um símbolo de Baal, o deus da tempestade para os cananeus. Esta descoberta foi datada de 1600 a.C. As escavações realizadas em Avaris, capital dos hicsos no Egito, revelaram artefatos idênticos aos encontrados em Ascalon, levando os arqueólogos a supor que os hicsos eram na verdade cananeus e que muitos deles saíram da região de Ascalon. Por volta de 15550 a.C. os egípicios expulsaram os hicsos do Egito. Cerca de 300 anos mais tarde, muitos invasores tumultuaram o Mediterrâneo. Por volta de 1175 a.C. um desses povos, os filisteus conquistou Ascalon e fundou outras cidadesdando origem à Filistéia. Como suas cerâmicas e artefatos se parecem com os dos gregos de Micenas, os guerreiros que saquearam Troia nas epopéias homéricas, os arqueólogos acreditam que os filisteus eram imigrantes gregos. As análises de ossos de animais encontrados em Ascalon indicam que os recém chegados filisteus, comiam carne de porco frequentemente, uma prática pouco comum entre os cananeus e mais habitual entre os gregos antigos. Os israelitas estiveram em guerra com estes vizinhos durante cerca de dois séculos. - PALESTINA

FRÍGIA

Região. Atos 2.10 TURQUIA

GADARA

JORDÂNIA

GADE

Gade – Tribo de Israel - JORDÃNIA

GALAAD

Território israelita a leste do Rio Jordão. Região de altitudes elevadas. Lugar de origem dos Juizes Jair e Jefté e do profeta Elias. Foi em Galaad que o povo de Israel se reuniu antes de cruzar o rio Jordão em direção a Jericó. Mais tarde, as tribos de Rúben e de Gad se estabeleceram ali. - JORDÂNIA

GALÁCIA

Província romana. As igrejas de Antioquia, Icônio, Listra e Derbe, localizavam-se na região sul. (Atos 13.49) - TURQUIA

GALILÉIA

Região de colinas áridas e vales férteis, que se estende a leste e norte do Mar da Galiléia - ISRAEL

GARIZIM

Garizim,monte com 881m Josué mandou lançar as bençãos e maldições sobre o povo por ocasião do pacto de Siquém. Na época pós-exílica possuía um santuário que competia com o templo de Jerusalém - ISRAEL

GATE

Uma das cinco cidades filistéias. Pátria de Golias que também foi refúgio de Davi. 1 Samuel 17.23; 1 Crônicas 18.1 - ISRAEL

GAULONITES

Gaulonites – ver também, Auranites, Traconites, Ituréia

GAZA

Sansão arrancou a porta da cidade. - GAZA

GEBAL

Ver Biblos. Ez 27.9 - LÍBANO

GEBER

JORDÂNIA

GENESARÉ

Lugar na planície da Alta Galiléia que produzia figos e uvas com abundância. Mateus 14.34 - ISRAEL

GERAR

Gerar – ficava a 10 km ao sul de Gaza. Abrão morou neste lugar. Gn20.1 - GAZA

GERASA

Gerasa – uma das cidades da Decápolis (região de Galaad) - JARDÂNIA

GERISIM

Gerisim – monte - ISREAL

GESSEN

Parte oriental do Delta do Nilo

GESUR

Comarca dentro dos limites do território de Israel, situada perto do Hermon e Basã, cujos habitantes foram feitos tributários pelos hebreus: Deuteronômio 3.14 - SÍRIA

GETSEMANI

ISRAEL

GIBEÁ

ISRAEL

GIBEÃO

ISRAEL

GILBOA

Gilboa, monte – 494 metros, ao norte de Israel. Lugar da trágica morte de Saul, primeiro rei de Israel. 1Samuel 31.1-13 - ISRAEL

GILEADE

Região que se estende por cerca de 112 km paralela ao Jordão entre os rios Hieromax ao norte e Arnom ao sul. - JORDÂNIA

GILGAL

ISRAEL

GIZÉ

EGITO

GOLÃ

Golã, colinas – ver Basã - SÍRIA

GÓLGOTA

Gólgota ou Caveira, um lugar citado em Lucas 23.33 - ISRAEL

GOMORRA

Gomorra – ver Sodoma - ISRAEL

GÓSEN

Faixa estreita de terras férteis situada no Delta do Nilo - EGITO

GRÉCIA

Corresponde a Grécia atual. A península grega projeta-se em direção ao Mar Mediterrâneo. A parte sul é montanhosa e algumas montanhas são ilhas próximas a costa. Pouca terra pode ser usada para cultivo. Devido a esta característica natural, os gregos tiveram de encontrar outras formas de obter o que precisavam: tornaram-se excelentes comerciantes, percorrendo os mares em grandes navios. Existem vestígios de desenvolvimento da civilização grega desde 2.000 a.C. como dos minóicos em Creta e dos micênios na Grécia continental por volta de 1500 a.C. Os principais centros da Grécia micênica eram os palácios, menos elaborados que os de Creta, mas protegidos por muros onde cada um deveria ser o centro de um pequeno reino. Estudos recentes comprovam a ocorrência de grandes terremotos na região do Mar Egeupor volta de 1500 a.C. que provavelmente destruiu grande parte dessa cultura. Os arqueólogos estão convencidos de que os terremotos causaram a decadência dessas civilizações. Os gregos eram conhecidos no Oriente Médio pelo nome de seu território. A Bíbliaapresenta os seguintes: Javã, nome hebreu da Grécia (Gênesis 10.4); Tubal, nação grega da Turquia atual (Isaías 66.19; Ezequiel 27.13; Daniel 8.21). No Novo Testamento foram chamados de helenos e gregos (Romanos 1.14). Para os gregos, todos os não-gregos eram chamados de bárbaros, embora este termo tenha sido usado para indicar os não crentes em geral, como em João 7.35. A polis, ou cidade-estado independente e autônoma, surgiu devido as características naturais da Grécia. Por volta dos anos 800 a 700 a.C., teve início de uma nova era para a Grécia. A economia e a tecnologia floresceram, Seguidas de progressos na arte e na cultura, com o desenvolvimento de um alfabeto próprio. O surgimento dos Jogos Olímpicos também são desse período, com data tradicional em 776 a.C. Neste período teve início uma expansão colonial e um grande desenvolvimento cultural. As conquistas de Alexandre por volta do ano 330 a.C., submeteram Israel ao controle grego, como também ao influxo da civilização, da cultura e do pensamento grego. Algumas cidades tornaram-se centros culturais importantes, como Atenas, com templos e lugares onde os pensadores se encontravam para discutir idéias, e Corinto, importante porto que possibilitava o comércio entre o Mar Egeu e o Mar Adriático. A estrutura da civilização grega foi rompida com a expansão do Império Romano, mas a herança intelectual e cultural impregnou o mundo romano. - GRÉCIA

HAIFA

Cidade moderna, localizada próximo ao Mar Mediterrâneo e do monte Carmelo - ISRAEL

HAMATE

Cidade Síria. Próxima ao rio Orontes: Amós 6.2 - SÍRIA

HARÃ

Centro comercial e militar. Abrãao morou nesta cidade antes da morte de Terá. Genesis 12.4 – Ver Síria - SÍRIA

HAVILÁ

Região habitada por amalequitas e descendentes de Esaú, que ficava no deserto da Arábia. 1 Samuel 15.7 - ARÁBIA SAUDITA

HAZEROTE

EGITO

HAZOR

Cidade cananéia edificada no período do Bronze Médio, período dos patriarcas. Esta cidade tinha 82 hectares. As muralhas eram precedidas de uma superfície inclinada, geralmente rebocada, que impedia qualqueraproximação por parte do inimigo. Tornou-se uma das cidades fortificadas de Salomão e foi conquistada pelos assírios, em 732 a.C. ISRAEL

HEBRON

Significa confederação. Última moradia de Abrão, por volta de 1850 a.C. Situada a 48 Km ao norte de Berseba e 32 ao sul de Jerusalém. O Monte Hebros fica a 909 metros acima do nível do mar. Principais acontecimentos registrados na Bíblia: Abrão edificou um altar ao Senhor Gn 13.18; de Hebron Abraão saiu para libertar Ló Gn 14.13-24; em Hebron nasceu Ismael Gn 16; Abrão hospedou mensageiros celestiais Gn 17.1 e 18.1-15; Sara morreu. Abrão comprou a Efron, o hiteu, o campo e a gruta de Macpela e sepultou Sara. Gn 23; Outras pessoas foram sepultadas em Macpela Gn 25.7-11,49.29-31 e 50.13; Abrão, Isaque e Jacó viveram nesta cidade Gn 35.27 e 37.1; Isaque viveu muitos anos em Hebron Gn 35 a 37; José viveu em Hebron, Jacó e sua família são levados ao Egito Gn 46.1; Os doze espias passam por Hebron Nm13.22-24; Horão, rei de Hebron, foi vencido por Josué Js 10.3; Calebe herda Hebron e alarga seus termos Js 14.6-15, 15.14-19; tornou-se cidade levita pertencente a Judá, Js15.54,21.13; cidade refúgio, Js 20.7; em Hebron Davi foi ungido rei sobre Judá e veio a ser a primeira capital de Judá, 2Sm2.11,5.1-5; Abner é morto à traição por Joabe, 2 Sm3.6-39; Davi matou os assassinos de Isbosete, 2Sm4.5-12; Absalão rebela-se contra o pai, 2Sm15.12; Fortificada por Roboão, 2Cr11.5-12; Colonizada por Judeus que voltaram do exílio babilônico. A cidade ficou abandonada, até a conquista árabe em 634 d.C. Foi transformada, em honra a Abrão, numa das quatro cidades sagradas do islamismo. Foi ocupada por algum tempo, pelos Cruzados. Atualmente é uma cidade grande. - ISRAEL

HELIÓPOLIS

EGITO

HERMOM

Monte com 2.814 metros de altitude, é marco divisório entre o Líbano e a Palestina. Deuteronômio 3.8-9

HESBOM

JORDÂNIA

HIERÁPOLIS

Citada em Colosensses 4.13

HIPOS

JORDÂNIA

HORMA

 

HULA

Hula, lago - SÍRIA

IÊMEN

O país é resultado da fusão em 1990 do Iêmem do Norte e do Sul. Na Antiguidade abrigou vários Estados. O mais famoso, o Reino de Sabá, mencionado no Velho Testamento.Desde o século IX o território é governado por uma dinastia islâmica. Cerca de 99,9 % da população é islâmica. Em alguns lugares, a sociedade ainda se organiza em tribos. IÊMEN

IRÃ

Suas origens estão País muçulmano. 99% da população é islâmica, 01 % cristã. Após vinte anos da implantação da República Islâmica, o Irã começa a se renovar, com um abrandamento das rígidas regras sociais.                                                                                    - IRÃ

IRAQUE

País com área de 438.317 km2, possui muitas áreas férteis entre os rios Tigre e Eufrates. Estes dois rios se unem e formam o Chatt al Arab, que desemboca no golfo Pérsico. O clima é predominantemente árido, com chuvas escassas e imprevisíveis. Os verões são quentes e os invernos, frios. O país possui uma costa litorânea reduzida, sendo Basra o principal porto por onde o petróleo é exportado. A indústria leve está concentrada em torno de Bagdá, a capital. Existem importantes complexos peroquímicos ao redor dos campos petrolíferos de Basra e Kirkuk. A religião predominante no Iraque é a islâmica com 97%. O cristianismo é praticado por 2,7% da população. Atualmente enfrenta graves dificuldades econômicas decorrentes do longo período de conflitos que tiveram início com a guerra contra o Irã e que se prolongou até a Guerra do Golfo. As exportações de petróleo, principal fonte de receita iraquiana, foram praticamente interrompidas em consequência do embargo comercial internacional decretado contra o país. - IRAQUE

ISRAEL

País com área atual de 20.770 km2. Localiza-se no leste do mar Mediterrâneo e apresenta paisagem muito variada: uma planície costeira limitada por colinas ao sul, e o planalto Galileu ao norte; uma grande depressão que margeia o rio Jordão até o mar Morto, e o Neguev, uma região desértica ao sul, que se estende até o golfo de Ácaba. O desenvolvimento econômico em Israel é o mais avançado do Oriente Médio. As indústrias manufatureiras, particularmente de lapidação de diamantes, produtos eletrônicos e mineração são as atividades mais importantes do

setor industrial. O país também possui uma próspera agroindústria que exporta frutas, flores e verduras para a Europa Ocidental. Israel está localizado numa posição estratégica, no encontro da Ásia com a África. A criação do Estado de Israel, gerou uma das mais intrincadas disputas territoriais da atualidade. A criação do Estado de Israel em 1948, representou a realização de um sonho, nascido do desejo de um povo, de retornar à sua pátria depois de mil oitocentos e setenta e oito anos de diáspora. Esta terra que serviu de berço aos patriarcas, juízes, reis, profetas, sábios e justos, recebeu, Jesus o Senhor e Salvador da humanidade. O atual Estado de Israel teve sua origem no sionismo-movimento surgido na Europa, no século XIX, que pregava a criação de um país onde os judeus pudessem viver livres de perseguições. Theodor Herzl organizou o primeiro Congresso sionista em Basiléia, na Suíça, que aprovou a formação de um Estado judeu na Palestina. Colonos judeus da Europa Oriental – onde o anti-semitismo era mais intenso, começaram a se instalar na região, de população majoritariamente árabe. Em 1909, foi fundado na Palestina o primeiro Kibutz, fazenda coletiva onde os colonos judeus aplicavam princípios socialistas. Em 1947, a Organização das Nações Unidas (ONU) votou a favor da divisão da Palestina em dois Estados: um para os judeus e outro para os árabes palestinos. Porém, o plano de partilha não foi bem aceito pelos países árabes e pelos líderes palestinos. O Reino Unido que continuava sofrer a oposição armada dos colonos judeus, decidiu então, encerrar seu mandato na Palestina. Em 14 de maio de 1948, véspera do fim do mandato britânico, os líderes judeus proclamaram o Estado de Israel, com David Bem-Gurion como primeiro-ministro. Os países árabes (Egito, Iraque, Síria e Jordânia) enviaram tropas para impedir a criação de Israel, numa guerra que terminou somente em janeiro de 1949, com a vitória de Israel, que ficou com o controle de 75% do território da Palestina, cerca de um terço a mais do que a área destinada ao Estado judeu no plano de partilha da ONU. - ISRAEL

ITURÉIA

Ver também, Auranites, Gaulonites, Traconites

JABOQUE

Rio perene que atravessa os montes de Gileade. Deságua no Jordão. Genesis 32.22 - JORDÂNIA

JAMURQUE

Rio perene no planalto de Basã. - JORDÂNIA

JEBUS

Antigo nome de Jerusalém. Cidade murada que Davi, rei de Israel escolheu para ser a capital de Israel. - ISRAEL

JERASH

Ver Gerasa - JORDÂNIA

JERICÓ

Cidade muito antiga, localizada a margem do Rio Jordão. Conhecida também como Cidade das Palmeiras. Fica a 300 metros abaixo do nível do Mar Mediterrâneo Situada a oeste do Rio Jordão. A primeira aglomeração urbana, surgiu por volta de 7000 anos antes de Cristo. Defendida por muralha de pedra com torre de 9 metros de altura. Por que? – medo que o homem tinha do próprio homem, - medo de animais ferozes? Somente podemos fazer suposições, apesar das diversas ciências envolvidas na pesquisa dessa história como a arqueologia, geologia, etc. Fatos registrados na Bíblia: Moisés contou os filhos de Israel, defonte à Jericó, Números 26.3-63; o Senhor falou a Moisés, Números 31-1; Era uma cidade estado e com altas muralhas, Josué 2.5-15; Josué enviou dois espias à Jericó, Josué 2; Foi tomada por Israel e declarada anátema, Josué5.13,6.27. O pecado de Acã, Js7. A queda de Jericó provocou temor nos outros reinos vizinhos, Josué 10.1-30. Dada a tribo Benjamin, Josué 18.12-21. Reedificada por Hiel, o belemita. 1 Reis 16.34, Josué 6.26. Elias e Eliseu passaram por Jericó indo ao Jordão, 2 Reis 2.4-18. Os mensageiros de Davi, humilhados por Anum, permaneceram em Jericó 2 Samuel 10.1-5. Eliseu purificou as águas de Jericó, 2 Reis 2.19-22. Zedequias é preso por Nabucodonosor, 2 Reis 25.5. Israel entregou os cativos de Judá, 2 Crônicas 28.1-15. Conversão de Zaqueu , Lucas 19.1-10. Herodes o Grande reconstruiu a cidade e edificou seu palácio de inverno. Canalizou água. Em 35 a.C. assassinou seu cunhado Aristóbolo e em 4 a.C. matou os fariseus que retiraram a águia de ouro da porta do Templo. Matou seu filho Antíprates e morreu em Jericó. - ISRAEL

JERUSALÉM

Jerusalém – 760 metros de altitude (Bronze Antigo)

Invasões: cercada por Senequaribe em 710 a.C.; dominada pelo Faraó Neco em 610, foi destruída por Nabucodonosor em 587. Depoisdo Cativeiro na Babilônia, seguido pela restauração do templo e da cidade, Jerusalém foi capturada por Ptolomeu Soter em 320 a.C., e em 170 suas muralhas foram arrasadas por Antíoco Epifânio. Em 63 a.C. foi tomada por Pompeu, e finalmente no ano 70 de nossa era foi totalmente destruída pelos romanos. - ISRAEL

JEZRAEL

Jezrael, vale ou planície de Esdrelon

JEZREEL

Lugar no vale de Jezreel citado em 2 Samuel 4.4 - ISRAEL

JOPE

Importante centro comercial marítmo. Atual Jaffa. - ISRAEL

JORDÂNIA

País com área atual de 90.650 km2. A Jordânia é uma das raras monarquias existentes no Oriente Médio. Seu território é predominantemente desértico, com poucos bolsões férteis. A temperatura atinge 49ºC nos vales, mas a leste o clima é mais ameno e úmido. Frutas e verduras representam 20% da exportação do país e o fosfato –minério mais importante, é reponsável por 40% da receita de exportação. Amã é o centro manufatureiro, fornecendo brometo e potassa extraídos do mar Morto. As indústrias têxtil e de alimentos também são importantes. - JORDÂNIA

JORDÃO

Constitui a grande fenda geológica O Rift Valley, que se limita no sentido norte-sul, pela costa mediterrânea ao ocidente, e pela presença do grande deserto ao oriente, divide a região em duas zonas distintas: a Cisjordânia, entre o rio Jordão e o Mar Mediterrâneo, onde se localiza o atual Estado de Israel e a Transjordânia entre o rio Jordão e o deserto Arábico, que corresponde a atual Jordânia. Neste vale, ocorre um sistema hidrográfico que desemboca no Mar Morto. As nascentes principais do rio Jordão são três. A primeira nasce em Bânias, no monte Hermom (2814 m), que é a última elevação da cordilheira do Antilíbano e serve de marco divisório entre Israel e Líbano. Neste vale ficava a cidade de Cesaréia de Filipe, capital da tetrarquia deste principe herodiano. A segunda nascente do Jordão, mais a oeste, é Ain Led dan, próximo às ruinas de Dâ (Tel Dan), hoje, um Parque Nacional. E a terceira é o Hasbani, arroio que desce de Begaa no Líbano. Os três formavam o lago Hule – hoje seco e com suas águas canalizadas. A seus lados emergem colinas verdes que dão início aos sistemas montanhosos da Galiléia e de Basã na Cisjordânia e na Transjordânia, respectivamente. A partir daí o Jordão se estreita numa paisagem de basaltos em plena fossa tectônica, e desce em corredeiras desde o nível do Mediterrâneo, até o Mar da Galiléia, a 211 metros abaixo do nível do mar. Fatos citados: a travessia para entrar em Canaâ no tempo de Josué, a cura de Naamã, a vida de João Batista, que nesse rio batizou Jesus. ISRAEL

JUDÉIA

Província romana, localizada a partir de Jerusalém, em direção ao sul. Deserto da Judéia corresponde a faixa de terra despida, pedregosa e de aspecto agreste, que percorre quase toda a costa ocidental do Mar Morto. 1 Samuel 17.28 e Números 23.28 - ISRAEL

LAODICÉIA

Cidade próspera da Frígia, perto de Hierápolis e de Colossos no vale do Lico. A carta do Apocalipse 3.14-22, menciona alguns fatores de sua riqueza. Possuia uma escola de medicina, e ficou conhecida pelo colírio desenvolvido para oftalmia. Era também um centro financeiro. - TURQUIA

LAQUIS

Ver Sefelá

LASÉIA

Atos 27.8

LEQUI

Riacho que serve de limite norte de Canaã e deságua no Mediterrâneo - LÍBANO

LÍBANO

País com 10.400 km2. Do ponto de vista natural, o país pode ser dividido em quatro regiões principais:

cestreita planície costeira, planalto interior estreito e fértil, Líbano ocidental e montanhas anti-Libano. O sul do país, praticamente ficou reduzido a escombros pela violência durante os quase vinte anos de manutenção da faixa de segurança pelo Exército israelense, ocupação encerrada em maio de 2000, a reconstrução do país vem sendo feita lentamente. Há sobretudo, grandes marcas deixadas pelo conflito árabe-israelense, desde a chegada de refugiados palestinos. O Líbano lançou um apelo à comunidade internacional em 24 de julho de 2000, solicitando ajuda na reconstrução da infra estrutura na região sul do país, desocupada pelas tropas israelenses desde maio. Segundo a Gazeta Mercantil de 25/7/2000, o pedido foi feito pelo ministro de Economia e Comércio, Nasser Saidi, que estimou em U$1,3 bilhão os custos para a reconstrução da infra-estrutura e o desenvolvimento do Sul do Líbano, incluindo ajuda de emergência. Cerca de 55% da população é islâmica e 37,5% cristã, dos quais 0,5%, protestante.

LÍBIA

Localizada no norte da África é uma região desértica. Seus habitantes descendem de Put, filho de Cão, neto de Noé. (Jeremias 46.9; Daniel 11.43). Durante o Império Romano, Cirene foi a capital da Líbia. Esta cidade estava representada em Jerusalém no dia de Pentecostes relatado em Atos 2.9. LÍBIA

LIDA

Cidade a 15 Km a sudeste de Jope. ISRAEL

LISTRA

Colônia romana, situada na parte oriental de Licaônia, a 35 km de Icônio. Cidade de Timóteo (Atos 16.1-2) o apóstolo Paulo fundou uma igreja - TURQUIA

MACEDÔNIA

A antiga Macedônia era uma província romana ao norte da Grécia. Abrangia as cidades de Filipos, Tessalônica e Beréia (Atos 16.9). Tem origem sob o domínio de Felipe o Macedônio, e de seu Filho Alexandre, o Grande, por volta de 360 a 323 a.C. Após a morte de Alexandre, as terras deste Império foram divididas em quatro: Ptolomeu, no Egito; Seleuco, na Síria; Antípater, na Macedônia e Filetero, na Ásia Menor. Em 142 a.C. tornou-se província do Império Romano. O apóstolo Paulo atravessou o Mar Egeu e penetrou no continente pela Macedônia (Atos 16.9), passando por Neápolis, Filipos, Anfípolis, Apolônia, Tessalônica e Beréia. GRÈCIA

MACPELA

O campo de Macpela localiza-se em Hebron - ISRAEL

MADIÃ

Região a leste do Golfo de Ácaba

MANRE

Lugar onde o Senhor apareceu a Abraão. Gênesis 18.1; Gênesis 23.19 ISRAEL

MARI

 

MASSADA

MASSADA

MÉDIA

A Média ficava ao norte do Elam, leste da Assíria, sul do Mar Cáspio e abrangia partes da Armênia. Foi

tomada pela Pérsia. Com a destruição do Império Babilônico surge uma nova potência no Oriente Médio. A coligação medo-persa transforma-se em um vastíssimo reino. No tempo de Assuero -Xerxes I, a Pérsia tinha o domínio de 127 províncias, da Índia à Etiópia, que é relatado no livro de Ester. -IRÃ

MEGUIDO

Foi construida pelos cananeus, embora tenha sido tomada pelos egípicios e controlada por eles durante séculos. O rei Salomão fez de Meguido uma das grandes cidades fortificadas, e base de sua cavalaria. Em seus arredores foram encontrados ossos de animais e vasilhas de cerâmicas. - ISRAEL

MERON

Ou Lago Huleh, é abastecido pelas águas do Jordão. Josué 11.5-7. Ocupa a parte meridional de um vale pantanoso - ISRAEL

MESOPOTÂMIA

Significa entre rios –é a planície situada entre os leitos dos rios Tigre e Eufrates. Estende-se desde os montes da Armênia ao norte, na atual Turquia, até o Golfo Pérsico ao sul no Kuweit. É a terra dos primeiros dias da história bíblica e o berço da humanidade. De acordo com as características geográficas e as mais recentes conclusões históricas e arqueológicas, o surgimento do homem ocorreu na Mesopotâmia. O Jardim do Éden existiu provavelmente num local próximo às nascentes dos rios Tigre e Eufrates (Gênesis 2.10-14), embora alguns autores, indiquem a possibilidade de localização, próximo à foz desses rios e mesmo na região de Bahrein. A parte norte da Mesopotâmia é conhecida como Assíria e a parte sul como Babilônia ou Caldéia. As descobertas feitas pela arqueologia comprovam a existência de uma civilização com cerca de 5.000 anos. Em 1920 foi descoberto em Ur, móveis, utensílios e construções com características típicas de uma vida urbana com muito conforto. IRAQUE

MIDIÃ

Região próxima ao Golfo de Ácaba. - ARÁBIA SAUDITA

MIZRAIM

Palavra hebraica para designar Egito. Ver Egito - EGITO

MOABE

Planalto a 960 metros de altitude entre os rios Arnon e Zerede. - JORDÂNIA

MORIÁ

Região montanhosa ao redor de Jerusalém. Atualmente esta área é considerada sagrada pelos judeus e pelos islâmicos. Genesis 22.2 e 2 Crônicas 3.1. Jerusalém foi construída neste monte que passou a ser chamado de monte Sião, que está a 765 metros de altitude. - ISRAEL

MORTO

O Mar Morto é um grande lago salgado, que possui 80 quilômetros de extensão, por 12 quilômetros de largura e está situado entre Israel e Jordânia numa altitude de 400 metros abaixo do nível do mar. O Mar Morto pode ser comparado a um ralo que recebe todos os minerais que escorrem das montanhas vizinhas trazidos pela chuva: enxofre, potássio, bromo, fosfato, magnésio e sódio. A lama que se forma no fundo, é aproveitada para banhos e cosmética. Em suas águas, seis vezes mais salgadas do que as do oceano, vivem apenas microorganismos muito simples. Praticamente, não há vida - ISRAEL

NAHAL BESOR

Nahal Besor, ou Besor. Rio que serviu de fronteira entre a Palestina e o Sinai egípcio desde a Antiguidade. ISRAEL - EGITO

NAPATA

Capital da Etiópia por volta de 900 – 950 a.C. ETIÓPIA

NAZARÉ

Cidade pequena situada na região da Galiléia. Jesus nasceu nesta cidade. A anunciação do nascimento de Jesus ocorreu em Nazaré. Nazaré era uma pequena cidade, situada na Galiléia (norte de Israel). Não é citada no Antigo Testamento. E aparece apenas 9 vezes no NT. Em Jo.1:46 – aparece como uma cidade desprezada e de má fama. A IMPORTÂNCIA de Nazaré veio com o Senhor Jesus, porque ele foi criado em Nazaré, vivendo nesta cidade até aos 30 anos (Lc 3:23). Em seu ministério Jesus voltou a Nazaré, mas foi rejeitado. Localiza-se numa região mais baixa a 370m acima do nível do mar.

A arqueologia aponta para uma civilização que viveu nesta região na idade do ferro (900 a 550 anos antes de Cristo). Hoje Nazaré é uma cidade relativamente grande. A distância de Nazaré a região de Jerusalém é de 150 quilômetros aproximadamente, lugar em que nasceu João Batista numa região montanhosa. E que Maria visitou Isabel e permaneceu certo tempo. Durante o alistamento, quando Jesus estava para nascer, Maria teve que refazer o percurso, agora mais longo, pois Belém, está 10 Km à sul de Jerusalém, em companhia de José e de outras pessoas que iam para a Judéia pelo mesmo motivo. - ISRAEL

NEÁPOLIS

Cidade da época romana. Atos 16.11 - ISRAEL

NEBO

Pico de um dos montes da Cordilheira de Abarim, que está defronte de Jericó, a 800 metros de altitude. Deuteronômio 32.49-50 - JORDÂNIA

NEGUEV

Região desértica ao sul de Israel. Compreende o terreno escarpado e agreste com cerca de 96 km de extensão, que se estende de leste a oeste, entre Berseba e Cades-Barnéia. Depois da saída do Egito, os israelitas passaram quarenta anos neste deserto, conduzindo seus rebanhos de um lugar a outro, em busca de pastagens e água. Com uma adequada atenção a conservação da água e sistema de irrigação, o solo semi-árido do Neguev podia manter uma numerosa população nos tempos antigos. - ISRAEL

NICÓPOLIS

Região grega no litoral do Mar Adriático a sudoeste da Macedônia (Tito 3.12) - GRÉCIA

NILO

Nilo, rio – e delta - EGITO

NÍNIVE

Foi capital da Assiria no tempo do rei Senaquerib (700 a.C.). O profeta Jonas foi enviado para esta cidade por volta do ano 780 a.C. Cerca de 70 anos antes da Assíria invadir Jerusalém no tempo do rei Senequaribe em 710 a.C. Foi totalmente destruída e não deixou vestígios a não ser uma colina que fica hoje no Iraque.– cidade da Mesopotâmia. O profeta Naum escreveu esta profecia por volta do ano 660 a.C. e a queda de Nínive nas mãos dos babilônicos, a quem a profecia se referia, ocorreu por volta de 612 a.C, 48 anos após. - IRAQUE

NO AMON

No Amon- situada no Egito dinastias I-VI do Império Antigo. Tebas - EGITO

OLIVEIRAS

Monte das Oliveiras é citado em Zacarias 14.4 e Mateus 24.3. Está situado próximo a Jerusalém, a uma altitude de 799 metros. ISRAEL

OM

Om – Heliópolis, a 16 quilômetros a nordeste de Cairo. Importante centro do culto egípcio ao Sol durante as dinastias I-VI do Império Antigo - EGITO

OXUS

Oxus, rio -

PAFOS

Capital e residência do procônsul –governador da provícia, nomeado pelo senado romano. O apóstolo Paulo fundou uma igreja nesta cidade. Atos 13.6 - CHIPRE

PALESTINA

É uma região banhada pelo Mediterrâneo a oeste, tendo ao norte Fenícia e Síria, a leste e sul a Arábia, e ao sul partes do Egito. Desde a Antiguidade, esta região recebeu várias denominações. A Bíblia refere-se às seguintes: Terra Santa (Zacarias 2:12; Atos 7.33); Canaã (Gênesis 12:5; 13.12; Atos 13.19); Terra Prometida –porque Deus fez aliança com Abraão: a tua descendência dei esta terra, desde o rio do Egito até o grande Eufrates.Provavelmente, a extensão da Terra Prometida a Abraão e a sua descendência, compreendia desde a divisa do Israel atual com o Egito, até o rio Eufrates na Síria atual. Estas foram as fronteiras de Israel no tempo do rei Salomão por volta do ano 950 a.C. (Gênesis 15.18; 13.14-18); Terra dos Hebreus (Gênesis 40.15); Terra de Judá, sul de Israel atual, referente à tribo de Judá (Rute 1.7); Terra de Israel (Ezequiel 11. 16-20; Mateus 2. 20-21); Palestina,não é nome bíblico. Originalmente designava a Terra dos Filisteus (Pelistim). No Império Romano, por volta do século II d.C., foi o nome da província romana. A Terra da Promessa no sentido amplo da palavra, refere-se em toda sua extensão que Deus havia prometido a Abraão, é a Terra das Doze Tribos, que abrange Canaã e a região Transjordânica. Esta foi possuída por Israel somente durante uma parte dos reinados de Davi e Salomão. Embora este lugar tenha

recebido vários nomes ao longo da história, nenhum é plenamente adequado. A utilização dos nomes dos países atuais também não satisfaz a todos os povos ligados de alguma forma a esta região devido às mudanças políticas e de fronteiras que ocorreram sobretudo após 1948, com a criação do Estado de Israel. Atualmente, a Palestina é um Território Autônomo sob ocupação israelense com área de 5.860 km2 – Cisjordânia; 363 km2 Gaza. A Autoridade Nacional Palestina sobre a Faixa de Gaza e a Cisjoprdânia foi estabelecida pelo acordo de paz assinado entre Israel e a OLP (Organização para a Libertação da Palestina) em 4 de maio de 1994, no Cairo. O acordo prevê a retirada das tropas israelenses desses territórios ocupados em 1967. Cerca de 25% da população economicamente ativa de Gaza trabalha em Israel. Os trabalhadores locais são agricultores e pescadores. Frutas cítricas e legumes são os principais produtos.. Na Cisjordânia, as principais atividades econômicas são a agricultura e o turismo. Grande parte da mão-de-obra exerce atividades de baixa qualificação em Israel. - ISRAEL, PALESTINA

PASSARGADA

Passargada – cidade importante da Pérsia - IRÃ

PATMOS

Pequena Ilha grega, próximo a costa ocidental da Turquia em que João ficou exilado (Apocalipse 1.9) e que provavelmente foi condenado a trabalhar duramente nas pedreiras da Ilha.. - TURQUIA

PÉRGAMO

Base do culto oficial do imperador e um centro terapêutico. Além disso, tinha um altar de Zeus, que dominava a cidade do alto da acrópole e o povo acorria ao templo de Esculápio para buscar a cura. As ruínas da cidade encontram-se próximo a cidade de Bergama. Apocalípse 1.11 - TURQUIA

PÉRGE

Cidade situada a 13 km do mar. Seus habitantes eram devotos do culto a deusa Diana. João Marcos deixou a expedição de Paulo a partir dessa cidade. O apóstolo Paulo fundou uma igreja. Atos 14.25 - TURQUIA

PÉRSIA

A Pérsia situada a nordeste do Golfo Pérsico, a sudeste da Babilônia e de Elam é o atual Irã. Os persas expandiram seus domínios tornando-se um grande império que se estendia em 500 a.C. desde a Índia até o Mar Egeu e ao Egito em 500 a.C. Suas principais cidades foram Passárgada e Persépolis. Foi na Pérsia que ocorreram os fatos descritos no livro bíblico de Ester. - IRÃ

PETRA

Petra - Selá, capital de Edom - JORDÂNIA

PISGA

Parte da Cordilheira de Abarim perto do Mar Morto. Do alto de seu cume –Nebo, Moisés pode avistar a Terra Prometida desde Dã até Berseba, pouco antes de morrer. Deuteronômio 3.27 - JORDÃNIA

PISÍDIA

Ver Antioquia da Pisídia

POÇO DE

ABRÃO

Poço de Abrão próximo a Berseba - ISRAEL

POTEÓLI

Ou Puteóli – um os principais portos da Itália no início da Era Cristã - ITÁLIA

PRAÇA

DE ÁPIO

 

Atos 28.15

PTOLEMAIDA

Cidade portuária. No tempo das Cruzadas denominou-se Acra. Encontra-se a 13 Km a norte do monte Carmelo - ISRAEL

PUTE

Ver Líbia - LÍBIA

QATAR

País localizado em uma península no Golfo Pérsico, com área de 11.435 km 2. Em 1872 foi incorporado ao Império Turco-Otomano. Após a Segunda Guerra Mundial, ficou sob tutela do Reino Unido. Até os anos quarenta, Catar era um país muito pobre. Suas atividades econômicas se limitavam à criação de camelos, à pesca e à coleta de pérolas. Com a exploração dos campos petrolíferos, a renda per capita atingiu cerca de 11,5 mil dólares. Os investimentos vem sendo feitos na industria pesada e em outras áreas, como alternativa à produção de petróleo cujas reservas estão prestes ao esgotamento. QATAR

QUERITE

Rio que deságua no Jordão, próximo ao mar Morto: 1 Reis 17.5 - JORDÂNIA

QUEZIBE

Região situada ao sul de Judá - ISRAEL

QUINERETE

Lago ao norte de Israel. Números 34.11. Ver mar da Galiléia - ISRAEL

QUIOS

Lugar. Atos 20.15

QUIRIATE

ISRAEL

QUISON

Rio importante que atravessa a planície de Acre e deságua no Mediterrâneo: Juizes 5.21 - ISRAEL

QUMRÂN

Qumrân, (talvez a cidade do sal da Bíblia)

RABÁ-AMON

Lugar onde o profeta Elias sagrou Jeú rei de Israel. Mais tarde tornou-se a cidade grega de Filadélfia, uma das dez cidades da Decápolis - JORDÂNIA

RAMÁ

Cidade situada a 8 quilômetros ao norte de Jerusalém; local onde Raquel, mãe de José, e, portanto das tribos de Efraim e de Manassés. Mateus 2.18 - ISRAEL

REFAIM

Vale situado na fronteira setentrional de Judá: 2 Samuel 5.18-25 - ISRAEL

RÉGIO

Cidade portuária da Itália, localizado próximo a estreito de Messina. Atos 28.13 - ITÁLIA

RIFDIN

Rifdin – sul da península do Sinai - EGITO

ROMA

Cidade que por muitos séculos foi capital política e cultural do mundo. Atualmente é a capital da Itália Essa civilização desenvolveu-se a partir de uma cidade fundada em 753 a.C. Roma tornou-se a capital de um grande e poderoso império, que derrotou os gregos e dominou toda a Europa. As cidades romanas floresceram em todo o império, com a ajuda de um eficiente sistema de comunicação e de comércio que chegava até a Índia, na Ásia. ITÁLIA

SALAMINA

Cidade marítima na costa oriental de Chipre e lugar residencial de muitos judeus, pois nela havia mais de uma sinagoga. Atos 13.5 - CHIPRE

SALÉM

Significa paz. Foi o nome antigo da cidade de Jerusalém - ISRAEL

SAMARIA

Capital do reino de Israel, no reino dividido. Região em que localizava-se a Galiléia e Nazaré, no início da Era Cristã. Cerca de 48 km distante de Jerusalém. A nova cidade encontra-se próximo às ruinas. - ISRAEL

SAMOTRÁCIA

Cidade. Ilha próxima a Neápolis e Filipos. Atos 16.11 - GRÉCIA

SARDES

Capital do antigo reino da Lídia. A região foi colonizada pelos gregos. Ainda são visíveis colunas de um grande templo grego. Apocalípse 1.11 - TURQUIA

SAREPTA

Cidade em que o profeta Elias morou e ressucitou o filho de uma viúva. 1 Reis 17. 8-24 - LÍBANO

SARON

Planície ao sul do Monte Carmelo - ISRAEL

SARONA

Cidade localizada na planície Lida e Carmelo. Atos 9.35 - ISRAEL

SEFARADE

Cidade que ficava entre Tiro e Sidon, as vezes citada também, como Sarepta. Obadias 1.20. - LÍBANO

SEFELÁ

Região próxima aos rios Besor e Soreque, de solo muito apropriado para o cultivo de oliveiras, uvas e grãos. Suas cidades fortificadas foram: Laquis e Bet-Semes. Foi a histórica comarca de disputa entre os israelitas e filisteus e numa época posterior entre os grecos-sírios e os macabeus. ISRAEL

SEFÓRIS

 

SEIR

Região entre o Mar Morto e o Mar Vermelho, limitado por uma região montanhosa. A estrada real, importante rota comercial, passava ao longo da cadeia oriental. JORDÂNIA

SELÁ

Selá – Ver Petra - JORDÃNIA

SELÊUCIA

Cidade portuária próxima a Antioquia. Atos 13.14 - SÍRIA

SIÃO

Monte Sião - ISRAEL

SIDIM

Vale com grande quantidade de betume, nas imediações do Mar Morto. Gênesis 14.3-8 - ISRAEL

SIDOM

Cidade de grande importância na Antiguidade. Ez.27.8 - LÍBANO

SILOÉ

Tanque citado em Lucas 13.4 - ISRAEL

SIN

Deserto ao sul da península do Sinai - EGITO

SINAI

Sinai, monte – península do Sinai, constitui o cenário da aliança, quando Deus lhes deu as suas leis e os declarou o seu povo - EGITO

SINAR

Ou Senaar – Referência as planícies da Babilônia. Dn 1.2, Is 11.11 – ver Babilônia - IRAQUE

SIOR-

LIBNATE

Arroio situado a sudoeste da tribo de Aser e que desemboca no Mediterrâneo, mencionado em Josué 19.26. - ISRAEL

SIQUÉM

Primeiro acampamento israelita dentro dos limites de Israel. José foi a Siquém para ver seus irmãos e os rebanhos. Capital do reino de Israel no reinado de Jeroboão I. Centro da comunidade samaritana no tempo de Alexandre Magno. Cidade citada em Atos 7.16 - ISRAEL

SIRACUSA

Cidade portuária na costa oriental da Sicília. Atos 28.12

SÍRIA

Em todos os tempos bíblicos, a Siria foi cruzada por rotas que ligavam as civilizações do norte com a do Egito, ao sul. Os sírios ou arameus, descendem de Arã, filho de Sem, neto de Noé. País muçulmano com 86% de sua população islâmica e 8,9% cristã. Por volta do ano 700, com a expansão muçulmana, Damasco transformou-se na capital do Império Árabe. Entre 1516 e 1918, foi dominada pelo Império Turco-Otomano. A Síria reivindicou a devolução das Colinas de Golã, ocupadas por Israel na Guerra dos Seis Dias em 1967. Na Antiguidade, a Síria localizava-se a sudoeste da Armênia, a leste da Ásia Menor e do Mediterrâneo, ao norte da Palestina e a oeste da Assíria e partes da Arábia,cortada na direção norte-sul pela cordilheira do Líbano, a mais ocidental, a Ante-Líbano, a oriental, em cujo extremo sul fica o Monte Hermon. Os sírios ou arameus, descendem de Arã, filho de Sem, neto de Noé. Os arameus eram um povo de língua semítica, estreitamente aparentado com os israelitas segundo Deuteronômio 26.5. Nos dias patriarcais esta região era constituída por pequenos reinos independentes que mantinham o nome da cidade principal. Supõe-se que Harã de Gênesis 11.31, era centro comercial e militar e ficava no distrito de Padã-Arã, onde Abraão habitou com seu pai e onde deixou sua parentela para sair para Canaã. Ao tempo do patriarca, pertencia ao noroeste da Mesopotâmia, vindo mais tarde incorporar-se à Síria, cuja capital, Damasco continua até hoje, sendo a mais antiga cidade viva da Terra, com cerca de 4.900 anos. A Síria foi conquistada por israelitas, assírios, babilônicos, persas, gregos e romanos. Na época de Salomão já haviam desenvolvido a escrita alfabética e utilizavam papiro, pena e tinta em lugar do barro cozido utilizado nas demais regiões. Isto contribuiu para que o idioma aramaico se estendesse pelo Oriente Médio, substituindo o assírio incorporado durante o cativeiro na Babilônia. O aramaico foi levado para a Palestina durante o retorno do exílio e chegou a ser o idioma corrente no tempo de Jesus. Os selêucidas, reis sírios, dominaram a Síria após a morte de Alexandre.

Mas logo depois, as ambições da Síria no sentido de conquistar todo o Oriente Médio e a Grécia colocaram-na em contraste com a potência nascente de Roma, que a derrotou obrigando-a a ceder territórios e a pagar indenizações de guerra. A Síria também foi o primeiro país estrangeiro a receber o cristianismo pelo testemunho dos cristãos perseguidos em Antioquia, conforme Atos 11.26. - SÍRIA

SITIM

Vale por onde corre o arroio Cedrom. Joel 3.18 - ISRAEL

SODOMA E GOMORRA

Cidades localizadas provavelmente, ao sul do Mar Morto. É possível que tenha ocorrido uma erupção vulcânica, com lançamento de enxofre, sais minerais e gazes incandescentes, erupção essa acompanhada por terremoto, provocando a destruição total daquelas cidades. ISRAEL

SOREQUE

Rio que desemboca no Mediterrâneo. Cidade de origem de Dalila citada em Juízes 16.4 - ISRAEL

SUCOTE

Situada no vale do Jordão a norte do rio Jaboque. Ponto em Jacó fez seus preparativos para estabelecer-se em Canaã. Gênesis 33.17 - JORDÂNIA

SUMÉRIA

Suméria-

SUNÉM

Suném

SUR

Sur – Povoamento fortificado na peninsula do Sinai, para proteger o Egito de exércitos estrangeiros vindos através da Palestina. - EGITO

SUSÃ

IRÃ

TABOR

Tabor, monte com 568 meros de altitude ao norte de Israel. Lugar em que Baraque passou em revista os 10000 homens com os quais derrotou o exército de Sísera. Juízes 4.14 - ISRAEL

TAMNA

Cidade de origem da mulher filistéia de Sansão

TARSIS

Cidade portuária que provavelmente, ficava no sul da Espanha. A viajem marítima mais longa. Ez27.12. Jonas1.3 . ESPANHA

TARSO

Cidade universitária com cerca de 500.000 habitantes. Ponto de encontro entre o oriente e ocidente, entre gregos e orientais e terra de Paulo. - TURQUIA

TECOA

Região de pastos, contígua ao deserto de Judá. Amós 1.1 e 2 Crônicas 20.20 - ISRAEL

TERRA

SANTA

Terra Santa - - ISRAEL

TESSALÔ-

NICA

GRÁCIA

TIATIRA

Centro comercial na estrada que levava aooriente. Nada restou da época antiga. Lídia que negociava com este tipo de tecido e que encontrou o apóstolo Paulo em Filipos (Atos 16.14), era de Tiatira e poderia ter voltado à sua terra para prestar auxílio à igreja local. Outra mulher trabalhava, em sentido contrário, visando desviar os fiéis da verdadeira fé, recebendo o nome de Jezabel em Apocalípse 2.20. - TURQUIA

TIBERÍADES

Cidade situada a margem do Mar da Galiléia. Fundada por Herodes Antipas por volta do ano 20 d.C. - ISRAEL

TIRO

Cidade portuária com porto importante. Ez 27.3 - LÍBANO

TIRSA

Cidade do Bronze Antigo. Foram encontradas casas amplas de estrutura quadrangular. Incêndios sucessivos queimaram parcialmente a cidade, que possuia muralhas de pedra com até 9 metros de espessura.

TISBÉ

Lugar de origem do profeta Elias o tesbita, na região de Gileade. - JORÂNIA

TRÁCIA

Região da Asia Menor resultante da divisão do império de Alexandre Magno após sua morte. - TUQRUIA

TRACONITES

Região - ver também, Auranites, Gaulonites, Ituréia. Lucas 3.11

TRANSJOR-

DÂNIA

Colinas a leste do rio Jordão - JORDÃNIA

TRÊS VENDAS

Lugar. Atos 28.15

TRÔADE

Cidade portuária da Mísia, na costa do Mar Egeu, próximo a antiga Tróia. Atos 16.8 - TURQUIA

UR

Cidade de origem de Abraão, localizada na baixa Mesopotâmia. Alguns autores calcularam uma população de 360.000 habitantes enquanto outros acham que poderia ter cerca de 200.000 habitantes. Estas hipóteses explicam-se pela extrema fertilidade proporcionada pelos Rios Tigre e Eufrates. Encontrado um documento de aproximadamente 1700 a.C., que os especialistas chamaram de almanaque do lavrador.Descreve os trabalhos agrícolas, que começavam logo depois das chuvas de outubro-novembro. Os textos da III Dinastia de Ur mencionam escultores, ourives, cortadores de pedra, carpinteiros, forjadores de metais, curtidores, alfaiates, calafates. Havia grandes oficinas pertencentes aos templos e palácios. Por volta de 2900 a.C., trabalhavam cerca de 6.400 artesãos têxtis. O comércio entre as cidades da Baixa Mesopotâmia era feito através da navegação pelos rios e canais. - IRAQUE

URUK

Cidade da Mesopotâmia –2800 a.C. Pertenceu a um grupo de cidades privilegiadas. Centro agrícola e manufatureiro - IRAQUE

ZEBULOM

Região da Tribo de Israel localizada na Galiléia Central. - ISRAEL

ZEREDE

Rio que constitui o limite meridional de Moabe. Deuteronômio 2.13 - JORDÃNIA

ZOAR

Cidade em que Ló se abrigou durante a destruição de Sodoma e Gomorra. Gênesis 19.22-25 - JORDÃNIA

 

Devo contribuir?
Ao receber o Senhor Jesus Cristo como seu Salvador, uma das primeiras coisas que você irá aprender é que Deus é amor. Como resultado disto, você logo perceberá que o amor precisa de uma forma prática para se expressar. Você aprenderá que há uma relação entre amar e dar. Deus é um Deus que nos dá muitas coisas. Amar e dar estão intimamente ligados nas Escrituras. “O Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gl 2:20), e “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” (Jo 3:16). Continuar Lendo...
Desenvolvido por Palavras do Evangelho.com