Sem dúvida alguma o ensinamento na parábola é para o cristão. Não é o remanescente de Israel, piedoso e temente a Deus, que "sairá" para se encontrar com o noivo. "Saí-lhe ao encontro" (Mt 25:6) expressaria bem a posição de um cristão, mas não de um judeu. Cristo vindo "nos ares" para nós caracteriza a posição celestial do cristão, enquanto o Messias vindo à Judéia para a bênção terrena do judeu caracteriza a posição do israelita. A expectativa judaica é de bênção na terra e na Judéia sob o pacífico reinado do Messias. 
 
Portanto não existe um "saí-lhe ao encontro", mas um permanecer na terra até que o Messias venha. Além disso, a condição sonolenta da qual as virgens são despertadas (Mt 25:5-6) não poderia ser aplicada ao futuro remanescente de Israel. Os que farão parte daquele remanescente não serão achados dormindo naquela terrível crise que lhes está reservada. Eles chorarão e suspirarão durante aquela breve, porém terrível, meia-noite, quando a morte de seu Messias e a culpa de terem transgredido a lei será reconhecida e confessada como sendo deles e como um pecado da nação (Sl 74; Sl 79; Is 63:15-19; Is 64; Ez 9:4).
 
  • Mateus 25:6 = Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro.
  • Mateus 25:5-6 = E, tardando o esposo, tosquenejaram todas, e adormeceram. Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro.
  • Salmo 79:1-13 = «Salmo de Asafe» O Deus, os gentios vieram à tua herança; contaminaram o teu santo templo; reduziram Jerusalém a montões de pedras. Deram os corpos mortos dos teus servos por comida às aves dos céus, e a carne dos teus santos às feras da terra. Derramaram o sangue deles como a água ao redor de Jerusalém, e não houve quem os enterrasse. Somos feitos opróbrio para nossos vizinhos, escárnio e zombaria para os que estão à roda de nós. Até quando, SENHOR? Acaso te indignarás para sempre? Arderá o teu zelo como fogo? Derrama o teu furor sobre os gentios que não te conhecem, e sobre os reinos que não invocam o teu nome. Porque devoraram a Jacó, e assolaram as suas moradas. Não te lembres das nossas iniqüidades passadas; venham ao nosso encontro depressa as tuas misericórdias, pois já estamos muito abatidos. Ajuda-nos, ó Deus da nossa salvação, pela glória do teu nome; e livra-nos, e perdoa os nossos pecados por amor do teu nome. Porque diriam os gentios: Onde está o seu Deus? Seja ele conhecido entre os gentios, à nossa vista, pela vingança do sangue dos teus servos, que foi derramado. Venha perante a tua face o gemido dos presos; segundo a grandeza do teu braço preserva aqueles que estão sentenciados à morte. E torna aos nossos vizinhos, no seu regaço, sete vezes tanto da sua injúria com a qual te injuriaram, Senhor. Assim nós, teu povo e ovelhas de teu pasto, te louvaremos eternamente; de geração em geração cantaremos os teus louvores.
  • Isaías 63:15-19 = Atenta desde os céus, e olha desde a tua santa e gloriosa habitação. Onde estão o teu zelo e as tuas obras poderosas? A comoção das tuas entranhas, e das tuas misericórdias, detém-se para comigo? Mas tu és nosso Pai, ainda que Abraão não nos conhece, e Israel não nos reconhece; tu, ó SENHOR, és nosso Pai; nosso Redentor desde a antiguidade é o teu nome. Por que, ó SENHOR, nos fazes errar dos teus caminhos? Por que endureces o nosso coração, para que não te temamos? Volta, por amor dos teus servos, às tribos da tua herança. Só por um pouco de tempo o teu santo povo a possuiu; nossos adversários pisaram o teu santuário. Somos feitos como aqueles sobre quem tu nunca dominaste, e como os que nunca se chamaram pelo teu nome.
  • Isaías 64:1-4 = Oh! se fendesses os céus, e descesses, e os montes se escoassem de diante da tua face, Como o fogo abrasador de fundição, fogo que faz ferver as águas, para fazeres notório o teu nome aos teus adversários, e assim as nações tremessem da tua presença! Quando fazias coisas terríveis, que nunca esperávamos, descias, e os montes se escoavam diante da tua face. Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha para aquele que nele espera.
  • Ezequiel 9:1-4 = Então me gritou aos ouvidos com grande voz, dizendo: Fazei chegar os intendentes da cidade, cada um com as suas armas destruidoras na mão. E eis que vinham seis homens a caminho da porta superior, que olha para o norte, e cada um com a sua arma destruidora na mão, e entre eles um homem vestido de linho, com um tinteiro de escrivão à sua cintura; e entraram, e se puseram junto ao altar de bronze. E a glória do Deus de Israel se levantou de sobre o querubim, sobre o qual estava, indo até a entrada da casa; e clamou ao homem vestido de linho, que tinha o tinteiro de escrivão à sua cintura. E disse-lhe o SENHOR: Passa pelo meio da cidade, pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal as testas dos homens que suspiram e que gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela.
 
Traduzido de "Future Events and Coming Glories" publicado por Bible Truth Publishers. Traduzido por Mario Persona.
 
Devo contribuir?
Ao receber o Senhor Jesus Cristo como seu Salvador, uma das primeiras coisas que você irá aprender é que Deus é amor. Como resultado disto, você logo perceberá que o amor precisa de uma forma prática para se expressar. Você aprenderá que há uma relação entre amar e dar. Deus é um Deus que nos dá muitas coisas. Amar e dar estão intimamente ligados nas Escrituras. “O Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gl 2:20), e “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” (Jo 3:16). Continuar Lendo...
Desenvolvido por Palavras do Evangelho.com