José Rosa de Matos

Nascido em 15 de maio de 1943, viveu até seus 23 anos na vila São Jacó, que na época era município de Torres, no Rio Grande do Sul, Brasil.
Aos 21 anos, casou-se com uma moça chamada, Isaura da Silva, natural de Pato Branco, Cidade do Paraná.
Batizado quando criança na “igreja católica”; aos 17 anos leu um livreto onde constavam três histórias bíblicas: os profetas de baal, Nicodemos e Zaqueu.
Na história da idolatria dos profetas de baal, ele ficou convencido que as práticas e rituais da “igreja católica” estavam erradas.
Neste tempo (com 17 anos) conheceu as “testemunhas de Jeová”, onde participou das suas atividades religiosas até seus 23 anos. Quando foi convidado pelo seu cunhado, Sr. Juvêncio (crente já falecido), para irem morar com ele em Cachoeirinha, Cidade metropolitana de Porto Alegre. Estando lá, teve seus três filhos: Josué, Joel e Tatiane.
Neste mesmo ano começou a trabalhar em Porto Alegre numa fábrica de pregos, chamada Rossi. Lá ficou até o ano de 1980, quando saiu para o ministério na obra de Deus em tempo integral, depois da sua salvação.

Como foi a sua salvação:
Neste mesmo ano (1966) em Cachoeirinha, começo a ouvir as pregações do evangelho. E, pela primeira vez em sua vida, ouviu o que Deus dizia na sua Palavra a seu respeito; que ele era um pecador perdido no caminho para o inferno; mas também que, Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna. "Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece." João 3: 36
Convencido por estas  verdades, Deus o salvo pela Sua graça no dia 30 de dezembro de 1966.

Como foi o início do trabalho em Torres-RS, Passo de Torres-SC, Santa Rosa do Sul-SC, e Sombrio-SC:

Depois de ter-se dedica de tempo integral na obra de Deus. No dia 1 de maio ano de 1988 foi para Torres (200 km de Porto Alegre) pregar o evangelho. E, com mais dois irmão, (Sr. Marcos Caetano e Sr. Roberto Ploia), começaram a distribuir folhetos aos pescadores que se encontravam a beira do rio Mampituba (divisa do Rio Grande do Sul e Santa Catarina).
Ali encontraram um senhor chamado Valmor Idalêncio (já falecido), morador do outro lado do rio, no Passo de Torres, que os convidou para ir até sua casa para orar por sua esposa e filhos.
Não muito depois, este senhor abriu a sua casa para fazer umas reuniões de pregações do evangelho; desta forma surgiu a oportunidade para muitos naquela cidade ouvirem e conhecerem sobre a grande salvação que há pela fé no Senhor Jesus Cristo.
No dia 17 de maio de 1998 (dez anos depois), estabeleceu-se pela primeira vez na Cidade de Passo de Torres, uma igreja local. E, na simplicidade neotestamentária, nove irmãos se reuniram para partir o pão na ceia do Senhor, no domingo pela manhã.

Na época, foi trazido de Capivari do Sul um pequeno salão de madeira que já estava em uso pelos irmão, por 35 anos; e foi usado por mais 15 anos pelos irmãos do Passo de Torres para as sua reuniões. Hoje se reúnem numa construção nova.

Há 20 km mais ao norte, numa Cidade chamada Santa Rosa do Sul, ele pregou o evangelho por muitos anos na casa de um casal crente, (Sr. Marcos Caetano e Sra. Helena), onde muitas pessoas ouviram, mas somente uma senhora foi salva, Sra. Amélia.

No ano de 1990, começou a visitar uma Cidade chamada Sombrio, também no Estado de Santa Catarina. Ela está mais ao norte, 30 km de Torres-RS, com 25 mil habitantes.
Nesta cidade, com a ajuda de outros irmão, fez várias reuniões em locais alugados, e em casas de famílias que abriam as portas para o evangelho, e assim Deus operou e salvou homens e mulheres. 
No dia 3 de junho de 2007 (sete anos depois), estabeleceu-se pela primeira vez na Cidade de Sombrio, uma igreja local. Na simplicidade neotestamentária, vinte irmãos se reuniram para partir o pão na ceia do Senhor, no domingo pela manhã.

O trabalho continua no sul do Estado de Santa Catarina.
Estamos orando para que Deus abra uma porta para o evangelho nas Cidades de Araranguá, Jacinto Machado, Turvo, Meleiro, Arroio do Silva e outra, aqui nesta região.


"Grande é, em verdade, a seara, mas os obreiros são poucos; rogai, pois, ao Senhor da seara que envie obreiros para a sua seara." Lucas 10: 2
 

Publicado em 06/10/2012

 

Devo contribuir?
Ao receber o Senhor Jesus Cristo como seu Salvador, uma das primeiras coisas que você irá aprender é que Deus é amor. Como resultado disto, você logo perceberá que o amor precisa de uma forma prática para se expressar. Você aprenderá que há uma relação entre amar e dar. Deus é um Deus que nos dá muitas coisas. Amar e dar estão intimamente ligados nas Escrituras. “O Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gl 2:20), e “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” (Jo 3:16). Continuar Lendo...
Desenvolvido por Palavras do Evangelho.com