O Deus Vivo & Obras Mortas!

 

O DEUS VIVO, E AS OBRAS MORTAS!

 

 Mas, vindo Cristo, ... nem por sangue de bodes  e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção. Porque, se o sangue dos touros e bodes  e a cinza de uma novilha, esparzida sobre os imundos, os santificam, quanto à purificação da carne, quanto mais  o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará a vossa consciência das obras mortas, para  servirdes ao Deus vivo?” (Hebreus 9:11-14)

Nestes versículos acima, temos uma base sólida estabelecida por Deus para a salvação de cada ser humano. Deus está indicando a porta, o caminho, e o feliz fim que terá uma pessoa que nEle confia.

Por toda parte vemos o homem dando formas às suas idéias com respeito as coisas espirituais. Mas, o mais máximo que o homem pode chegar, é o exterior das pessoas.

Neste sistema puramente humano, é enfatizado uma mudança de caráter moral, tais como: deixar os vícios, a imoralidade, ter o respeito para com o próximo,; introduzindo ao mesmo tempo, um caráter religioso tais com: o batismo, o dízimo, a santa ceia, usos e costumes, etc...

Mas examinando o texto  Sagrado acima, vemos que Deus vai quer ir mais a fundo no homem que ele criou. Ele ultrapassa toda esta formalidade do homem exterior e vai até “consciência das obras mortas”. Ele não quer simplesmente tratar das coisas, de agora para adiante, não; o que Ele realmente quer, é resolver o passado (perdoando), dar novo rumo ao presente(fazendo-o uma noa criaura), e acegurando o futuro(no céu com Deus).

A religião do puramente humana, gera religiosos. Deus gera filhos. E Ele não se satisfas com menos do que isso!

No sangue dos touros e bodes, e cinza de uma novilha, (que são coisas que o olho natural pode ver), se alcançava somente a carne, o exterior do homem. E momentaniamente aquilo poderia ter um efeito satisfatório, mas o tempo se encarregavo de mostrar ao pobre pecador que seu passado estava todavia sempre ai, e o presente era-lhe um tormento, e o futuro sempre incerto.

Como você convive com o seu passado? Vivem satisfeito com Deus no presente? O que o futuro lhe reserva?

Podemos tentar esquecer de udo isso. Podemos mascarar com atividades religiosas. Podemos usar os entretenimentos que o mundo oferece para esquece-lo. Mas um dia, todas estas máscaras hão de dar lugar a realidade, você não tratará mais com seus semelhantes, nem com você mesmo, mas será examinado por Deus. Neste dia há de se prestar conta do que já se passou em sua vida (Apocalipse 20:11)

Cristo veio a este mundo para tratar a fundo deste assunto em cada um de nós. Ele quer mudar a sua vida, dar um novo começo, um novo rumo. Examinemos o texto: “mas’Cristo’ por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção”. Primeiramente, Deus quer dar libertação a cada pessoa do seu caminho em que tenha vivido até agora. Liberdade é dado para aquele que está no cativeiro. Deus quer libertar-lo do poder do pecado, do poder de satanás e do poder do mundo. Essas coisas estão aprisonando o corpo, a alma e o espírito. E estão no coração, na mente, e vão inflamando todo curso da vida das pessoas que ainda não são salvas. Para realizar essa obra da salvação no íntimo, o Espírito Santo coloca perante os olhos da fé uma única saída. O sangue de Cristo! Pois, é somente a morte dEle que vale para libertar o pecador da escravidão em que tenha vivido. É o Seu precioso sangue que serve para puificar todos o seus pecados. Foi o preço que Ele pagou a Deus para lhe salvar, libertar e abençoar! Não se poder ser um liberto de Deus, e viver escravo do pecado, do mundo e das propostas de satanás.

Vemos também que,  “o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará a vossa consciência das obras mortas"  . Talves você não tenha conciderado o seu passado como Deus o vê. Ele vê como um passado de ‘obras mortas’. Pode ter tido muitas obras, muitos feitos. Mas Deus diz que não tinha vida em tudo aquilo que você produziu. E tão pouco serviu para Deus. Podemos  ver isto tipificado em Caim e Abel, quando ofereceram para Deus uma oferta, em Gênesis quatro. Caim com os frutos da terra, sem vida pois não havia sangue, foi rejeitado por Deus; ele e a sua oferta. Mas Abel foi aceito, ele e sua oferta, pois estava firmado sobre um sacrifício vivo, e que morreu no seu lugar, derramando o seu sangue, um cordeiro.

   Para servir ao Deus vivo, há a necessidade da purificação da vossa conciência das obras mortas. Deus quer tratar com você à fundo. Quer purifica-lo do seu pecados passados; e é só Ele que pode fazer isso. Você não tem como apagar o passado. Ele pôde! “E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniqüidades”.(Hebreus 10:17)  Você pode começar servir Deus já nesta vida, e a entrar de posse  desta nova vida pelo seu Filho, e o valor da sua morte. Pela fé nEle, você tem o perdão dos pecados. Começas a viver aqui, não mais servindo ao pecado, ao mundo ou satanás, mas ao Deus vivo.

     É impossível você, ou qualquer pessoa servir ao Deus vivo com uma consciência culpada de obras mortas. Para agir assim, terá que mascarar o seu pecado perante Ele, como fez Adão e Eva com as folhas de figueira em Gênesis três. Mas toda aquela confecção serviu enquanto um olhava para o outro. Mas quando ouviram a voz de Deus soar no jardim, fugiram. Tinham a consciência carregada pelo pecado, desobediência e infidelidade. Não puderam resistir ao exame de Deus. E você?

     “Deus, nosso Salvador, que quer que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da verdade. Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem, o qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos”. (1 Timóteo 2:3-6)

     Viver com Deus aqui, é viver com Deus no céu(depois da morte). Viver sem Deus aqui, é viver longe dEle por toda a eternidade! Não se engane! Hoje você pela fé pode ter de Deus o perdão. Arrependido dos seus pecado você pode crer no Senhor Jesus Cristo, e serás salvo!

 

Josué Matos

Devo contribuir?
Ao receber o Senhor Jesus Cristo como seu Salvador, uma das primeiras coisas que você irá aprender é que Deus é amor. Como resultado disto, você logo perceberá que o amor precisa de uma forma prática para se expressar. Você aprenderá que há uma relação entre amar e dar. Deus é um Deus que nos dá muitas coisas. Amar e dar estão intimamente ligados nas Escrituras. “O Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gl 2:20), e “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” (Jo 3:16). Continuar Lendo...
Desenvolvido por Palavras do Evangelho.com