A História do Mundo segundo a Bíblia

 

 

ANTIGO TESTAMENTO
Início/Criação Gn 1:1; Is 45: 18 - São criados os céus (com os anjos) e a terra (sem os seres humanos).
Queda de Satanás

Is 14:13-15; - Ez 28:11-19 Um dos mais sublimes príncipes angelicais quer ser igual a Deus.

Gn 1:2 - Como conseqüência, a criação é devastada.

Semana da criação Gn 1:3 a 2:3 - 6 dias de criação e o descanso de Deus no 7º dia.
Criação do homem Gn 1:26-30; 2:4-25 - O homem deve dominar sobre a terra como representante de Deus.
Queda em pecado

Gn 3  - Morte espiritual como conseqüência imediata, e a morte física mais tarde: nisso há graça.

Gn 3: 17-19,23 - (há possibilidade de conversão). Agora o domínio sobre a terra foi muito dificultado.

Promessa do Salvador
Gn '3:15; Rm 16:20; Hb 2: 14 - O plano de Deus há de ser plenamente cumprido em Cristo, depois que Ele tiver vencido
o inimigo (Satanás).
Caim Gn 4: 17-24 - O "mundo" tem seu início: um sistema sem Deus, estabelecido aqui na terra.
Queda de muitos anjos Gn 6: 1-4; 2 Pe 2:4; Jd 6 - Antes do dilúvio. Dai procedem os gigantes.
Dilúvio Gn 6 - 8 -  Juízo: destruição de todo o ser vivente na terra.
Enoque Gn 5:24; Hb 11:5 - Figura da Igreja, que será arrebatada antes dos juizos.
Noé e sua família Gn 6:8-10; 2 Pe 2:5 - Figura do remanescente fiel de Israel, que será protegido e guardado através dos juízos.
Abraão Gn 12: 1; Js 24:2-3 - Chamado para sair dentre os impios para Deus. Progenitor de Israel.
Moisés

Êx 3 - 12 - Conduz o povo (Israel) para fora do Egito.

Êx 20:2 - Egito: uma figura do mundo, que subjuga os escolhidos de Deus.

Moisés Gn 22:18; Êx 19:5-6 - Deveria exercer o governo divino sobre a terra para bênção de todos os povos.
Lei Êx 20 - 23 - Deus dá ao Seu povo diretrizes perfeitas.
Antiga Aliança com Israel Êx 32; Hb 8:9 - Uma aliança bilateral: Deus a guarda, já o povo a quebra desde o início.
Graça e juízo Êx 34:6-7 - Um novo fundamento para as relações de Deus com o seu povo .Sem a graça tudo estaria desencaminhado; somente Cristo cumpre a lei.
Tabemáculo (habitação, tenda) Êx 25 a 27; 30 - A morada de Deus em meio a Seu povo no deserto (em Canaã houve o templo).
Sacerdócio, sumo sacerdote Êx 28-29; Hb7-8 - Terrestre, transmissível, imperfeito. Cumpriu-se apenas em Cristo.
Serviço dos sacrifícios Lv 1 - 7; Hb 10:1-18 - Diversas figuras que apontam para o único sacrifício de Cristo.
Mar Vermelho Êx 14; 2 Co 5:15 Separação do Egito (do mundo): a morte de Cristo por nós.
Viagem pelo deserto Nm 14:33 38 anos adicionais: juízo pela incredulidade.
Jordão Js 3 - 4; Rm 6:4; Gl 2:20 Entrada na terra: a nossa morte e nossa ressurreição com Cristo.
Canaã

Dt 1:7-8 - A terra de Deus dada a Israel como propriedade.

Jr 2:7; 12:10-11 - Israel, porém, contamina a terra e assim perde os seus direitos.

Repartição da terra JsJ3 - 21 Inicialmente num contexto limitado (praticamente só até o jordão).
Juízes

At 13:20; Jz 3:9 e 15 etc - "..... A missão deles era reconduzir o povo a Deus e salvá-lo da miséria.

Jz 21:25 etc. - Sem sucesso: "Cada um fazia o que parecia reto aos seus olhos".

O sacerdócio fracassou 1 Sm 4 - 6 - juízo sobre a casa de Eli; a arca de Deus é levada.
Profetas At 13:20b; Jr 27:18; 35:15 - Deveriam falar ao coração do povo e orar pelo povo.
Reis

At 13:21-22 - Deveriam reinar "segundo o coração de Deus"; o que só se cumpre em Cristo

At 13:23 - ("ungido", no grego: "Messias") na Sua função de rei prometido a Israel.

Davi 1 Cr 22: 8 - Figura de Cristo que subjuga os inimigos.
Salomão

1 Cr 22:9 - Figura de Cristo que reina em paz.

Templo

2 Cr 5:13 - 6:2 - Habitação de Deus no meio de Seu povo na terra de Canaã.

1 Rs 8; 2 Cr 6 - e sede de Seu governo sobre a terra.

Divisão do reino

1 Rs 11:29-39 - já Salomão, o filho de Davi, se torna infiel;

1 Rs 12:1-24 - o seu filho, Roboão, fica com apenas 2 tribos Oudá e Benjamim).

10 tribos infiéis

1 Rs 12:26-33 - Desde o início há idolatria (pecados de jeroboão: os bezerros de ouro).

2 Rs 17 :21-23 - juizo: o cativeiro na Assiria e a dispersão.

10 tribos desaparecidas Os 3:4-5; 11:10-11 - "Efraim" disperso até o "fim" (Reino de Cristo).
2 tribos infiéis

2 Cr 12: 1; 13: 10-11 - Desviam-se já sob o governo de Roboão. O culto a Deus é somente formal e exterior.

2 tribos: reavivamentos

2 Cr 29 - 32- 1) sob Ezequias (redenção em meio da aflição; comparável à reforma).

2 Cr 34 - 35 - 2) sob josias (retorno à Palavra de Deus; comparável ao sérulo 19).

2 tribos: decadência Jr 3:6a, 10b - A última conversão sob josias foi, em parte, apenas exterior.
70 anos de cativeiro Jr 25: 11 - juizo: Nabucodonosor os leva ao cativeiro na Babilônia.
Tempos das nações

Ez 10:4,19; 11:23 - A glória de Deus deixa jerusalém.

Dn 2:37-38 - Nabucodonosor obtém o governo universal.

Lc 21:24 - Iniciam-se os "Tempos das Nações". Término: mediante a aparição de Cristo em Seu reino.

Ester (o nome de Deus não é mencionado) - O governo de Deus agora somente consiste em providência, até mesmo quanto o Seu

povo Israel.
Retorno das 2 tribos
2 Cr 36:22-23; Ed; Ne - Altar, templo, cidade e muros são reconstruidos.
Ag 2:3 - Porém Deus não mais ingressa publicamente no templo.
70 "semanas de anos" Dn 9:24-27 - Inicio: retorno das 2 tribos sob Neemias. Término: aparição de Cristo para o reino milenar.
Decadência das 2 tribos que retomaram livro de Mq Deus fala pela última vez e, então, Se cala por um espaço de 400 anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NOVO TESTAMENTOS
 

Lc 1:68-75 - Ele quer salvar interior e exteriormente

(do pecado e dos inimigos).

Rejeição Jo 1:10-11- Seu povo (os "Seus") e o mundo são contra Ele.
Crucificação At 4:27-28; Dn 9:26 - Todos juntos O crucificam segundo os desígnios de Deus.
Ressurreição e ascensão ao céu At 2:24, 33a e 36b - Deus O ressuscita e O exalta.
Poderia ter voltado At 3:19-21 - Se o Seu povo se arrependesse, Ele voltaria de imediato.
Estêvão apedrejado At 7:51-60; Lc 19:14 - O povo envia ao Rei uma "embaixada" definitiva de rejeição.
Destruição de Jerusalém Mt 23:34-39 - Juízo: 70 AD sob o comandante romano Tito.
Pentecoste

At 2 - O Espírito Santo desce e forma de judeus e nações

Ef 2:15b; 4:4a; Jo 17:14b - uma corpo ração ce/estia/ ("eclésia" = a chamada para fora; "assembléia").

Mt 16:18 - O próprio Senhor é a base, a rocha e a pedra da esquina.

Mistério
Cl 1:24-26 - A "época da graça" forma uma espécie de "parêntesis'' nos caminhos de Deus com a
terra, tampouco é aludida nas 70 semanas de Daniel
Cartas às sete igrejas
Ap 2 - 3 - Um resumo profético da "história da igreja":
 
- Éfeso Ap 2: 1-7 - o primeiro amor é abandonado já logo no início.
- Esmirna
Ap 2 :8-11 - a perseguição durante" IO dias" são IO períodos de perseguições até o imperador Diocleciano
- Pérgamo
Ap 2: 12-17 - O cristianismo é tolerado ao lado do paganismo sob Constantino (313 AD).
- O cristianimso se toma a religão de estado sob Teodócio I (380 AD).
- Tiatira
Ap 2: 18-29 - a Igreja Católica desde 606 AD: "prostituição" = relações com o mundo.
- Sardes Ap 3: 1-6 - a igreja protestante desde a reforma: um sistema com vida aparente, mas está morto.
- Filadélfia Ap 3:7-13 - século 19: retorno à Palavra de Deus, guardado da hora da tribulação.
- Laodicéia Ap 3: 14-22 - um cristianismo morto de meros professos, o Senhor está do lado de fora.
Regresso do Senhor
1 Ts 4: 13-18 - Ele vem por nós nas nuvens.
1 Co 15:51-54 - Primeiro a ressurreição dos que dormem, depois a transformação dos vivos.
1 Co 15:23b; Hb 11 :40 - Ressurreição dos salvos da época do Antigo Testamento.
Tribunal de Cristo
2 Co 5: 10 - A vida dos crentes será manifesta. Não se trata de juizo (pois é um tribunal para
1 Jo 3:2b - atribuição de galardão) pois então seremos semelhantes ao Juiz.
Bodas do Cordeiro
Ap 19: 7; - (depois dos capítulos 17-18) As bodas ocorrem após o juizo da falsa esposa (Babilônia, veja-se "Laodicéia").
Ap 19:9a - Os crentes do Antigo Testamento são "chamados" (convidados).
7 anos de tribulação
(a última "semana de anos"
de Daniel 9)
Ap 6 - 19 - Os juizos divinos simbolizados por:
Ap 5: 1; 6: 1 - 8:5 - 7 selos do livro dos juizos.
Ap 8:6 - 11: 19  - 7 trombetas de juizo.
Ap 10: 3-4 - 7 - trovões (não são descritos com mais detalhes).
Ap 16 - 7 taças da ira de Deus.
Conteúdo dos juízos
Ap 6: 16-17 - Toda ordem e todo governo deitado abaixo (sol, lua e estrelas).
O bem-estar e a paz são tirados da terra. Catástrofes naturais.
A mão de Deus fica claramente evidente nisto tudo.
Trindade satânica
Ap 12:7-17 - Satanás, lançado à terra depois de 3¹/² anos.
Ap 13:1-10 - O cabeça do Império Romano restabelecido (1ª besta).
Ap 13:11-18 - 2 Ts 2:3-12 - O anticristo em Israel (2ª besta); ele requer honras divinas para si,
Dn 12:11; Mt 24:15 e 16-22 - põe a "abominação da desolação" no templo e persegue os crentes durante a segunda metade da semana (o pior periodo).
As 2 testemunhas
Ap 11:6 ·....... Irão se apresentar no caráter de Moisés e Elias (pregação e milagres), mas depois de 3¹/² anos serão mortos pelo governante do Império Romano restabelecido.
Evangelho durante a
tribulação
Mt 24: 14; 25:40-45 - Evangelho do Reino: reconhecimento e espera pelo Rei (Cristo).
Ap 14:6-7 - Evangelho eterno: reconhecimento do Criador.
Crentes durante a tribulação
Ap 7: 1-8 - Remanescente dentre todo o Israel (simbolicamente 144.000).
Ap 7:9-12  - Crentes dentre as nações.
Ap 14: 1-5 - Remanescente dentre Judá (outra vez, simbolicamente, 144.000).
Aparição do Senhor
Ele virá junto com os crentes para julgar sobre:
Jd 14-15; Ap 19:11-16 e 19-21 - o Império Romano e o anticristo (as "2ª bestas",
2 Ts 2:8 - que serão lançadas vivas no inferno).
Is 30:27-33; 31:4-8 - o rei do Norte (Assiria).
Sf 2: 1-11; Zc 9: 1-9 - os povos vizinhos de Israel.
Mt 25:31-46 - as nações segundo o modo como acolheram os mensageiros do evangelho do Reino.
Ap 20: 1-3 - Satanás, que será amarrado por 1000 anos.
Alterações geológicas
Zc 14:3-5 - O Monte das Oliveiras será fendido debaixo dos pés do Senhor.
Ez 47:1-12; Jl 3:18; Zc 14:8. - águas fluirão do templo para o vale, em duas direções.
Ez 47: 8 - o Mar Morto será sanado.
Ataque de Gogue a partir
da terra de Magogue
Ez 38 e 39 (não Ap 20:8) - Último ataque, quando Israel já estiver habitando em segurança. Destruição de Gogue.
Ressurreição para o Reino Ap 20:4 - Os mártires' da tribulação ressuscitarão.
Restauração de Israel
Ez 37- Restauração exterior (nacional) e interior (espiritual):
Zc 12:10-14 - arrependimento das 2 tribos na terra.
Os 2: 14; Is 66:20 - arrependimento das 10 tribos no deserto por ocasião de sua volta.
Nova aliança com Israel Jr 31:31-34; Hb 8:8-12 - Aliança unilateral feita por Deus. Por isso é duradoura.
Derramamento do Espírito Santo JI2:28-29; Is 32:15 e 44:3 - Sobre toda carne, porque depois do juizo sobre os vivos restarão apenas salvos.
Novo templo Ez 40 - 43 - especialmente 43:5 O Senhor volta a entrar ali em caráter oficial.
Culto a Deus Ez 44 - 46 - Semelhante ao antigo serviço dos sacrifícios. Outrora era uma antecipação, agora uma retrospectiva.
Repartição da terra Ez 47: 13 - 48:29 - De maior envergadura: até o Eufrates e o Nilo.
O Príncipe Ez 44:3 - Representante de Cristo em Jerusalém.
Paz na terra
15 2:2-4; Mq 4: 1-4 - Para todos os seres humanos.
15 11:6-9; Rm 8:21 - Para a criação.
A Igreja no Reino Ap 21:9 - 22:5; Gn 28:12 - A sede administrativa do Reino estara no céu. Comparável á "escada de Jacó".
Entrega do Reino 1 Co 15:24 - No final dos 1000 anos o Senhor entrega o Reino intacto a Deus.
Última guerra
Ap 20: 7-10 - Satanás será solto. Ocoração humano ainda suscetível às tentações de Satanás. Satanás será lançado no lago de Fogo.
Juízo final Ap 20: 11-15 - Todos os incrédulos comparecerão diante do grande trono branco.
Tudo novo 2 Pe 3: 10-18; Ap 21: 1 - Depois de queimada a velha criação. haverá novos céus e nova terra.
Estado eterno
Ap 21:2-5  -(não Ap 21:9 - 22:5) . AIgreja como "Nova Jerusalém" estará junto aos redimidos na nova terra.
1 Co 15:28 - Deus é tudo em todos.

 

Extraido de Hilfe und Nahrung, ano 1991, pg. 101

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Devo contribuir?
Ao receber o Senhor Jesus Cristo como seu Salvador, uma das primeiras coisas que você irá aprender é que Deus é amor. Como resultado disto, você logo perceberá que o amor precisa de uma forma prática para se expressar. Você aprenderá que há uma relação entre amar e dar. Deus é um Deus que nos dá muitas coisas. Amar e dar estão intimamente ligados nas Escrituras. “O Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gl 2:20), e “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” (Jo 3:16). Continuar Lendo...
Desenvolvido por Palavras do Evangelho.com