Maioria dos eleitores rejeita apoio de igrejas

SÃO PAULO - A maioria dos eleitores de São Paulo rejeita a influência das igrejas na eleição para prefeito, segundo números da pesquisa Datafolha divulgada neste domingo pelo jornal Folha de S. Paulo. Foram feitas duas perguntas diretas aos eleitores. A primeira é: você votaria num candidato apoiado pela Igreja Universal do Reino de Deus? A segunda: e se fosse alguém apoiado pela Igreja Católica?

 

Nos dois casos, o "não" venceu com larga vantagem: 70% dizem que não votariam num candidato apoiado pela Universal, e 57% dizem que rejeitariam um nome patrocinado pela Igreja Católica.


Foram poucos os eleitores que admitiram votar num candidato apoiado abertamente por uma das duas igrejas. No entanto, o número de eleitores que aceita a influência religiosa é considerado suficiente para fazer diferença numa eleição competitiva como a de São Paulo.

 

Segundo o Datafolha, só 5% dos eleitores dizem que votariam em alguém apoiado pela Igreja Universal. Se um candidato tivesse o apoio da Igreja Católica, 9% dizem que votariam nele para prefeito.

 

A Universal é liderada pelo bispo Edir Macedo, dono da TV Record, e tem 126 mil adeptos na capital, de acordo com o Censo 2010, do IBGE. Os católicos somam 6,5 milhões, ou 58% da população.

 

A questão religioso voltou à pauta das eleições, especialmente com o candidato do PRB à prefeitura, Celso Russomanno. O presidente do partido de Russomanno envolveu-se em uma polêmica com a Igreja Católica.

O Datafolha ouviu 1.799 pessoas em 26 e 27 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos.

Fonte: Agência O Globo 30/09/2012

Devo contribuir?
Ao receber o Senhor Jesus Cristo como seu Salvador, uma das primeiras coisas que você irá aprender é que Deus é amor. Como resultado disto, você logo perceberá que o amor precisa de uma forma prática para se expressar. Você aprenderá que há uma relação entre amar e dar. Deus é um Deus que nos dá muitas coisas. Amar e dar estão intimamente ligados nas Escrituras. “O Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gl 2:20), e “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” (Jo 3:16). Continuar Lendo...
Desenvolvido por Palavras do Evangelho.com