A QUE DEVEMOS SER LEAIS?

O que você pensa de uma pessoa que diz: “Meus pais eram membros desta denominação. Eu nasci nela e eu morrerei nela”.

Você dirá: “Penso que ela está errada ao dizer isso” “Sim, mas porque ela está errada? ”

“Suponho que seja porque ela assume que sua denominação está certa e sempre estará certa”.

“Bem, então, a qual denominação ou grupo ela deve ser leal?”

“Suponho que ela não deva ser leal a nenhuma denominação, porque nenhuma denominação é perfeita”.

“Uma questão final. Se ela não deve ser fiel a nenhuma denominação ou grupo cristão, a que ela deve ser leal?”

“Ela deve ser leal ao Senhor e aos princípios de Sua Palavra”.

Sim, naturalmente! Esta é a única resposta correta. É um erro desenvolver uma lealdade eterna a qualquer comunhão cristã, não importa o quanto escritural ela possa ser naquele momento.

Mesmo supondo que você rejeite toda a idéia da denominação. Suponha que você se reúna com cristãos que rejeitam qualquer nome sectário. Suponha, por exemplo, que eles se refiram a eles mesmos pelo nome inócuo de “a assembléia”.

Busquem se aderir ao ensinamento da Palavra. Deveria você lançar todo sua sorte com eles  permanentemente e ser leal somente a eles?

Se você o fizer, descobrirá que está em uma posição difícil. Você está entregue a um grupo que quase invariavelmente muda com o passar dos anos.

Esta tem sido a história de quase toda comunhão cristã. Tendências liberais se arrastam para dentro dela. O zelo e a carnalidade dá lugar ao formalismo. Uma

hierarquia denominacional se desenvolve. Logo se pode escrever “Icabo” sobre todas as coisas – a glória se foi. 

PARA CONTINUAR A LEITURA, CLIQUE==>A QUE DEVEMOS LEAIS

Devo contribuir?
Ao receber o Senhor Jesus Cristo como seu Salvador, uma das primeiras coisas que você irá aprender é que Deus é amor. Como resultado disto, você logo perceberá que o amor precisa de uma forma prática para se expressar. Você aprenderá que há uma relação entre amar e dar. Deus é um Deus que nos dá muitas coisas. Amar e dar estão intimamente ligados nas Escrituras. “O Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gl 2:20), e “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” (Jo 3:16). Continuar Lendo...
Desenvolvido por Palavras do Evangelho.com