Cheios do Espírito Santo 28 de maio

 

28 de maio

“Todos ficaram cheios do Espírito Santos.”                    

                                                 (Atos 2:4)

 

 

     Quão ricas seriam as bênçãos do dia de hoje, se todos ficassem cheios do Espírito Santo! Seria inteiramente  impossível enumerar a infinita plenitude dos frutos de uma tal santificação. Vida, consolo, pureza, força, paz e muitos outros tesouros da graça, não podem ser separados da bem-aventurada presença do Espírito Santo. Ele unge a cabeça do crente com olho santo, separa-o para o sacerdócio dos santos e presenteia-lhe graça para fazer jus ao seu ministério. Sendo a única água verdadeiramente purificadora, Ele nos livra do poder do pecado, santifica-nos para uma vida divina e opera em nós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade. (Filipenses 2:13) Sendo luz, Ele primeiro nos revela nossa perdição, passando depois revelar-nos o Senhor Jesus e guiando-nos ao caminho da justiça. Como fogo Ele nos purifica de todas as impurezas, deixando brilhar nosso ser purificado em claro esplendor. Ele é a chama do sacrifício por meio do qual somos capazes de apresentar inteiramente as nossas almas a Deus, por sacrifício vivo e agradável. (Romanos 12:1) Como orvalho do céu Ele irriga nossa aridez e fecunda nossa vida. Tal orvalho da manhã seria um começo ameno do dia. Como a pomba Ele paira com asas de suave amor sobre sua arca e sobre as almas dos crentes, e como Consolador Ele dissipa as preocupações e dúvidas que perturbam a paz de seus filhos.

 

 

(Extraído do Livro - Jóias de Promessas Divinas – União Cristã – C. H. Spurgeon)

 

Doação
Desenvolvido por Palavras do Evangelho.com